Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  
CO-1 12 1984
CO-2 01 1985
CO-3 02 1985
CO-4 03 1985
CO-5 04 1985
CO-6 05 1985
CO-7 06 1985
CO-8 07 1985
CO-9 08 1985
CO-10 09 1985
CO-11 11 1985
CO-12 12 1985
CO-13 02 1986
CO-14 7 03 1986
CO-15 04-05 1986
CO-16 06 1986
CO-17 07-08 1986
CO-18 09 1986
CO-19 10-11 1986
CO-20 03 1987
CO-21 05 1987
CO-22 08 1987
CO-23 12 1987
CO-24 04 1988
CT-1 s/d
CT-2 3 07 1988
CT-3 1º 08 1988
CT-4 5 09 1988
CO-25 11 1988
CT-5 11 01 1989
CT-6 9 02 1989
CT-7 9 03 1989
CT-8 7 04 1989
CT-9 8 05 1989
CO-26 25 06 1989
CT-10 1º 08 1989
CT-11 25 08 1989
CT-12 25 09 1989
CT-13 15 11 1989
CT-14 13 12 1989
DC-1 28 02 1990
DC-2 20 04 1990
DC-3 20 05 1990
DC-4 26 06 1990
DC-5 7 08 1990
DC-6 12 09 1990
DC-7 25 10 1990
DC-8 10 12 1990
DC-9-10 31 01 1991
DC-11-12 6 04 1991
DC-13 6 06 1991
DC-14-15 30 06 1991
DC-16-17 31 07 1991
DC-18 5 10 1991
DC-19
DC-20 30 10 1991
DC-21 30 11 1991
CO-62 30 12 1991
CO-63 1º 02 1992
CO-64 10 03 1992
CO-65 10 04 1992
CO-66 1º 05 1992
CO-67 1º 06 1992
CO-68 1º 07 1992
CO-69 1º 08 1992
CO-70 1º 09 1992
CO-71 1º 10 1992
CO-72 1º 11 1992
CO-73 1º 12 1992
CO-74 1º 01 1993
CO-75 1º 02 1993
CO-76 1º 03 1993
CO-77 1º 04 1993
CO-78 1º 05 1993
CO-79 1º 06 1993
CO-80 1º 07 1993
CO-81 1º 08 1993
CO-82 1º 09 1993
CO-83 1º 10 1993
CO-84 1º 11 1993
CO-85 1º 12 1993
CO-86 1º 01 1994
CO-87 1º 02 1994
CO-88 1º 03 1994
CO-89 1º 04 1994
CO-90 1º 07 1994
CO-91 1º 10 1994
CO-92 1º 12 1994
CO-93 1º 02 1995
CO-94 1º 03 1995
CO-95 1º 05 1995
CO-96 1º 09 1995
CO-97 1º 11 1995
CO-98 1º 12 1995
  

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

  

Ferreofotos

• Estação Aimorés - Trem Vitória a Minas - 27 Set. 2017

• EFSPRG - A ferrovia na guerra do Contestado - 25 Set. 2017

• Toshiba DNPVN - Porto do Rio Grande - 11 Jul. 2017

• A volta da locomotiva "Velha Senhora" (1981) - 18 Fev. 2017

• Reconstrução da Rotunda de São João del Rei (1983-1984) - 8 Dez. 2016

• Trem do centenário do cerco da Lapa (1993) - 2 Dez. 2016

• Embarque de blindados em vagões Fepasa (1994) - 27 Nov. 2016

• Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 23 Nov. 2016

• G12 canadenses “espartanas” nº 4103-4196 na ALL - 7 Set. 2016

• Locomotivas “Loba” GE 1-C+C-1 nº 2001 a 2025 Fepasa - 5 Set.. 2016

  

Ferrovias

• Locomotiva GE U23C nº 3902 RFFSA - 8 Out. 2017

• Trem Vitória - Belo Horizonte - pontos de venda - 2 Out. 2017

• Horários do Trem Vitória - Belo Horizonte - 28 Set. 2017

• Litorinas Budd RDC no Brasil - 27 Set. 2017

• Trem das Águas - ABPF Sul de Minas - 15 Set. 2017

• Fases de pintura das locomotivas English Electric EFSJ / RFFSA - 2 Mai. 2017

• A Velha Senhora no trem da Luz a Paranapiacaba (1985) - 22 Fev. 2017

• Horários do Trem turístico S. João del Rei - 6 Dez. 2016

• Trens especiais Curitiba - Pinhais (1991) - 29 Nov. 2016

• Trem turístico a vapor Curitiba - Lapa (1986) - 26 Nov. 2016

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferreomodelismo

• Backlight em maquetes de ferreomodelismo - 5 Nov. 2017

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

   

Para uma história do ferreomodelismo
Centro-Oeste nº 85
1º de Dezembro de 1993


 
Flavio R. Cavalcanti - 1º Out. 2015

Xsdkjnfjdfksflaj

Ferreomodelismo

Maquetismo

Ferreomodelo

Protótipo

Vitrine

Quadro de Avisos

EFVM - Afirmando atender a pedidos, a EF Vitória a Minas alterou o horário do trem de Belo Horizonte para Vitória, que agora sai às 7 horas. Na tabela do CO-84/24, simplesmente antecipe em 1 hora todas as partidas e chegadas em direção ao litoral.

Biriba - A Alco FA1 "Biriba" que estava ilhada no pátio da marítima, no porto do Rio, e a Alco S1 "Cotó" vinham sendo cotadas para restauração com a antiga pintura creme e grená para as comemorações do cinqüentenário da tração diesel na EF Central do Brasil, que começam em Dez/6. A retirada da Biriba exigiu a construção de um pequeno ramal.

Lanchonete - A Fepasa está retirando os serviços de restaurante, agora terá só lanchonete. Quando quebra um vidro num restaurante ele vai para a oficina de Rio Claro e vira lanchonete (Guntram Hereth, SP/SP).

SOS - Sob o lema "O Brasil Trem Jeito" o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana de São Paulo iniciou em Outubro a tentativa de mobilizar a população em torno do Movimento SOS Ferrovia.

O sindicato edita o jornal O Sorocabano, com 20 mil exemplares mensais, à R. Barra Funda, 1031, Cep 01152-000 SP/SP; além dos boletins regionais O Pantógrafo, O Desabafo, Sem nome (Por Enquanto), O Vespeiro, Você Decide..., O Martelo, O Corujão e O Aposentado.

Contrastes - Percebe-se vários projetos para trens turísticos, mas a parada dos trens de Aparecida, Campos do Jordão — vapor, n° 4 de Atibaia, parou por algum tempo, — Atibaia, Pedregulho parando, Barra Bonita nem começou, deixa-nos um tanto pessimistas (Kelso Médici, S. J. dos Campos, SP).

Rodotrens - Foi suprimido o horário das 15h do Rodotrilho, ficando somente o das 20h, em ambos os sentidos, por falta de carga. Não sei se é o horário ou a época. O último vespertino correu na sexta-feira, Nov/5, com apenas 1 caminhão e 2 containers no sentido SP-Rio. Em Nov/12 começou o trem de caçambas de areia entre Taubaté e São Paulo (Kelso Médici, S. J. dos Campos, SP).

Apelidos - Eis mais alguns apelidos ferroviários: Fepasa GE diesel U6C (C+C) = Caixa de Fósforos; RFFSA GE elétrica C+C, ex-Central, ex-EFSJ = Carioquinha; CPEF 4-10-2 a vapor, n° 193 em Sumaré = Jibóia; RFFSA trem de carretas = Sula Miranda (Kelso Médici, São José dos Campos, SP).

Mini-saia - A locomotiva que o Marco A. S. Freire cita no CO-84/29 é a Mini-saia rodagem B-B, fabricada pela GE do Brasil. Quanto à locomotiva na sessão de terror à página 27, que ele diz serem parecidas com a Vandeca (não acho), trata-se das GE-USA n° 2001 a 2025, e Westinghouse n° 2051 a 2071, rodagem 1-C+C-1 (Kelso Médici, São José dos Campos, SP).

N° 2 - A n° 2 da ABPF-Campinas já foi para Pindamonhangaba para fazer o percurso de Pinda a Piracuama pela EF Campos do Jordão (Kelso Médici, S. J. dos Campos, SP).

Loba - A locomotiva que deixou curioso o Marco A. S. Freire no CO-84/29 é uma GE-Westinghouse rodagem 1-C+C-1 apelidada de "Loba" pelos ferroviários. Já as franco-alemãs LEW, que somam cerca de 70 unidades chegadas em 1967 e 1968 para a Paulista, Mogiana e Sorocabana, bitolas 1,00 e 1,60 metro, são chamadas pelos ferroviários de "Beiçudas" (Joel G. Pires, SP/SP).

3ª Idade - Pessoas com mais de 65 anos não pagam passagem na Fepasa, mas viajam de 2ª (Joel G. Pires, SP/SP).

Indonésia - Na Revista Geográfica Universal n° 91, Ed. Bloch, 1982/Maio, excelente artigo sobre a tração a vapor nas Filipinas e Indonésia e seus incríveis combustíveis. Fotos a cores de locomotivas Mallet, Shay, Alco, Baldwin, alemãs, japonesas (Joel G. Pires, SP/SP).

Virador - Nas proximidades de Prata, MG, encontrei uma carreta tracionada por 2 caminhões (cavalos-mecânicos) Volvo levando um virador de vagões de minério para a EF Carajás em São Luiz do Maranhão. Enorme, ocupava toda a pista simples da rodovia. O comboio dormiu em Prata e em Out/23 seguiu para Uberlândia pela MG-497 pois a ponte da BR-153 em Itumbiara e a da BR-50 em Delta não comportavam a largura da peça, que foi fabricada em Sertãozinho, SP. Previa-se que iria por Brasília ou Caldas Novas, GO. O monstrengo também não pôde ir via porto de Santos, segundo os funcionários da Irga Transportadora, devido ao seu volume. A previsão era de viajar 30 a 40 dias até São Luiz (Joel G. Pires, SP/SP).

EFSJ - Os caminhões do Rodoviário Santos-Jundiaí mostrados no CO-84/32 eram amarelos com o emblema e paralamas em preto. Até há bem pouco tempo havia um na fila da sucata na estação Mooca da CBTU. Havia uma folha da Decais LAF com este emblema (Joel G. Pires, SP/SP).

Nobel - O trabalho mais importante do professor norte-americano Robert Fogel - um dos ganhadores do Prêmio Nobel de Economia de 1993 - trata do papel da ferrovia no desenvolvimento dos EUA (José F. Pavelec, Ponta Grossa, PR).

Divisa - No caminho da Usina Hidrelétrica de Marimbondo, na divisa SP-MG, não estavam mais à vista o carro de passageiros e o tênder de locomotiva a vapor citados no DC-11-12/19. Junto à ponte da BR-153 está o local que deveria ser usado pela Cia. Ferroviária São Paulo - Goiás, ramal que saía da Cia. Paulista em Bebedouro e nunca passou de Nova Granada. Foi extinto em 1966 (Joel G. Pires, SP/SP).

Surpresa - Os motoristas que passavam pela BR-116 na altura do parque industrial da Samrig, Esteio, RS, em Nov/3, foram surpreendidos pelo súbito surgimento de 1 locomotiva puxando 3 vagões - sem nenhuma via férrea cruzando a rodovia no local.

Passado o susto, o maquinista relatou que fazia manobras no pátio industrial da RFFSA, a 3 km dali, e recebeu ordem pelo walkie-talkie para avançar. Antes de receber a ordem para recuar, diz que "apagou" e só foi acordar no acostamento da BR-116.

Enquanto isso a locomotiva atravessou uma passagem por baixo da rodovia, fez várias curvas, ingressou no desvio da Samrig, arrombou o portão e atravessou o terreno da empresa - com velocidade suficiente para derrubar a cerca e chegar ao acostamento da rodovia (Zero Hora, 93/Nov/4).

Trio - Em Set/26 pp. o grupo ecológico Gérmen e o grupo preservacionista Trem de Ferro organizaram mais um passeio ferroviário do "Verde Trem", desta vez de Salvador a Camaçari, para comemorar os 235 anos de fundação daquela cidade. A viagem de 47 km foi feita em cerca de 3h, segundo o jornal A Tarde, porque a composição parou em todas as estações do percurso para receber as homenagens da população e das autoridades locais. Em Camaçari o "Verde Trem" foi recebido pelo prefeito com banda de música, discurso e tudo mais.

O trem foi formado por 1 locomotiva U8B ou U10B, 2 carros Pidner de subúrbio da CBTU e 2 carros de passageiros cedidos pela SR2 para o evento. A idéia, como nas vezes anteriores, é sensibilizar as autoridades para a volta dos trens de passageiros na Bahia (Alexandre Santurian, Salvador, BA).

Canavieiras - As 2 vaporosas citadas na nota "À Venda", no CO-84/29, são a n° 221 da Leopoldina e a n° 50 da Tentugal. Ambas pertenceram a uma usina açucareira na região de Campos, RJ. Existem várias outras na região, como a n° 265 da Leopoldina e diversas "canavieiras". O amigo José Mauro, de Ipatinga, MG, comprou uma 0-6-0 bitola 60 cm que há anos está instalada em seu sítio em Além Paraíba. Teve sorte pois comprou-a barato (Hugo Caramuru, Juiz de Fora, MG).

EFS - Encontrei num sebo de São Paulo, SP, o livro "Histórico da EF Sorocabana", de Antônio F. Gaspar, Sorocaba, 1930, que relata o início, fundação, construção e inauguração desta ferrovia, no período de 1870 a 1875.

Apresenta perfil longitudinal e altitudes, além de fotos das estações com locomotivas e trens, aspectos da linha até 1927, e fotos da diretoria, engenheiros, chefes de seções etc. (Ronaldo Corradi, Cotia, SP).

Nordeste - As máquinas da antiga RFN que estão sendo recuperadas são as Alco RS-8 e RSD-8, pois as English Electric não existem mais. O programa de manutenção e recuperação das Alco - especialmente das RSD-8 - é muito importante pois essas locomotivas, muito numerosas, são a principal força motriz na região. Numa visita às oficinas de Werneck em 1991 constatei a existência de nada menos que 30 motores diesel Bombardier novos para reposição.

Sei que existe intenção de recuperar uma locomotiva da antiga Rede de Viação Cearense (RVC) do tipo Witcomb-Baldwin C-C, série 600, pois muitas foram desativadas e estão jogadas em Fortaleza. Seria interessante contatar algum leitor do Ceará e incentivar a recuperação. Necessitamos de desenhos e fotos dessas máquinas. Já tentei conseguir material a respeito, sem sucesso (Nilson Rodrigues, SP/SP).

Decauville - O decauville que citei no CO-26/10, 1989/Jun, está sendo totalmente erradicado. A prefeitura de Mongaguá asfaltou toda a região servida por ele (Joel G. Pires, SP/SP).

Horror - A situação da Fepasa (CO-84/27) é mesmo deprimente. Aqui em Jaú os expressos passam com muito atraso. Além disso são formados por 1 locomotiva V-8 com 2 ou 3 vagões de carga, 1 dormitório e apenas 2 carros de passageiros. Nem restaurante existe mais. Já o flagrei com 6 horas de atraso.

O trem em que o Marco A. S. Freire viajou foi desativado sob pretexto do cólera, mas acho que foi mesmo pela fuga dos passageiros. Dia desses, uma locomotiva deixou o expresso parado em Jaú para socorrer outro trem que estava com problemas a uns 15 km. Quando retornou com o trem socorrido, outra locomotiva chegou logo atrás justamente para o socorro. A operação durou 1h30m (Evaldo Alves, Jaú, SP).

The Flash - Em Ago/17 pp. o Sindicato dos Ferroviários da Sorocabana distribuiu o n° 36 de seu jornal O Sorocabano, onde Carlos Alberto Ferreira registrava o 1° aniversário do movimento SOS Ferrovia. Lembrou que 1 ano antes, em 92/Ago/2, o movimento havia entregue à Fepasa um documento defendendo a reativação do ramal de Itararé.

Três dias depois, Ago/20 pp., máquinas da prefeitura de Itararé ocuparam o vale ferroviário e com maçaricos cortaram os trilhos que ligavam a vila Santa Terezinha à cidade, num percurso de 100 metros. Alegando desinteresse da Fepasa, o prefeito baixou decreto desapropriando área de 3.049 m2 e depositou CR$ 30 mil a título de indenização.

Os advogados da Fepasa chegaram ao local em Ago/24 e a equipe de patrimônio em Ago/25 para fotografar o que sobrou. Segundo O Sorocabano n° 37, um empresário de Itararé havia chegado a oferecer máquinas e equipamentos à Fepasa, gratuitamente, para reativar o ramal.

Brazil - Interessante a discussão sobre "Brazil" com "Z" (CO-78/29). Há anos não ouvia ninguém ter esta dúvida. Sinto informar que Brazil se escreve mesmo com "Z".

Esta foi a conclusão a que chegou a Academia Brasileira de Letras nos idos dos anos 70. Mas para não ferir o orgulho nacional preferiram não dar muita publicidade. Por isso acredito que não irão encontrar em nenhum livro ou tratado internacional que Brasil se escreve com "S"

As leis, códigos e constituições ajudaram a consolidar esta última grafia, que foi se popularizando para diferenciar da forma "estrangeira" de escrever com "Z", principalmente a partir de 1916 com a promulgação do Código Civil dos Estados Unidos do Brasil, em vigor até hoje e atualmente conhecido como Código Civil Brasileiro (Fernando Alvarenga, SP/SP).

Sorefame - Gostaria de fazer algumas colocações sobre o artigo, por sinal muito bom, do Rui Antunes sobre os carros de subúrbio da CBTU. Os carros de aço inox que hoje rodam no trecho Roosevelt-Mogi, que o Rui diz terem sido fabricados em Portugal pela Sorefame, na verdade fizeram parte de um consórcio de empresas, em que a Sorefame fez as caixas de aço dos carros e o acabamento foi dado pela Mafersa aqui no Brasil. Boa parte da montagem era feita em uma oficina da Mafersa em Cordeirópolis, e os testes no trecho eletrificado entre Limeira e Rio Claro. Após o término, em 91/Dez, quanto todos os 50 trens-unidade foram entregues à Fepasa, o depósito / barracão ficou desativado. Agora podem ser vistos lá alguns carros Mafersa / Budd em manutenção, por parte de alguma empresa que desconheço.

Originalmente esses trens deveriam atender à região do ramal sul dos subúrbios da Fepasa (Pres. Altino a Evangelista de Souza) num total de 50 trens-unidade, formando 25 composições de 6 carros. O tronco principal de Júlio Prestes a Amador Bueno seria atendido pelos trens "franceses" (TUE Frateschi).

Estes últimos foram produzidos pela CGE-Alsthom da França, da mesma forma que os da Sorefame, porém a montagem foi realizada no Brasil pela Cobrasma e Brown-Boveri. Dos "franceses" foram construídas 100 trens-unidade, de modo a formar 25 composições de 12 carros.

Como a Fepasa não terminou a tempo a construção das linhas - sabe-se lá por quê -, pois chegavam apenas a Carapicuíba no tronco e a Pinheiros no ramal, o então governador Maluf ordenou que os trens Sorefame / Mafersa fossem enviados à CBTU do Rio, então ainda RFFSA. Ficaram lá para um período de testes e os cariocas os apelidaram de "malufões". Mas houve uma reação da oposição na Assembléia Legislativa e transferiram-se os trens para a RFFSA em SP/SP, no tronco Roosevelt-Mogi. A argumentação dada à imprensa, na época, era que "a Fepasa tinha trem mas não tinha trilhos, e a RFFSA tinha trilhos mas não tinha trem". E lá estão até hoje aqueles trens, rodando em estado deplorável com portas que não fecham, janelas quebradas etc.

Do lote de 50 trens-unidade estimo que 20 tenham ficado com a Fepasa e o restante com a Rede. Em tempo: - A imprensa noticiou na ocasião que a cessão dos trens deveu-se a dívidas que a Fepasa teria com a Rede devido ao tráfego mútuo, que se acumularam sem ser pagas. Desconheço a veracidade (Paulo R. Filomeno, Paulínia, SP).

16 Anos - Estivemos no 16° aniversário da ABPF, Campinas, SP, Out/23, sendo com muito orgulho que pudemos apresentar ao grande público presente em Anhumas a locomotiva n° 505, Mikado alemã de 1927, já considerada de fase moderna, que pertenceu à Rede Mineira de Viação (RMV), atualmente da RFFSA, restaurada pela equipe do mecânico Manoel de Jesus Martins.

É a 6ª locomotiva restaurada e a maior até agora, que com o demais material rodante assim garante a vanguarda entre as entidades nacionais de preservação ferroviária.

Após o tradicional desfile dos 2 autos-de-linha e das locomotivas n° 210 e 222 - a n° 215 necessita de reforma e a n° 2 está na EF Campos do Jordão -, foram engatados à n° 505 seis carros lotados de convidados que seguiram rumo à estação de Carlos Gomes, km 17. Entre eles o eng° Ayres B. Silva, da RFFSA-SP, que nos atende e ajuda.

Pela primeira vez a forte rampa em Pedro Américo foi vencida sob aquela carga, sem necessidade de locomotiva auxiliar.

Em Carlos Gomes foram apresentados o novo galpão-oficina com 330 m2 e mais 2 carros da antiga EF Noroeste do Brasil (NoB) recém recebidas e reformadas (Kléber N. Ângelo, ABPF-RJ).

Graxa - Estive em São João da Boa Vista e observei uma coisa que me deixou curioso: - Uma espécie de lubrificador nos trilhos, acionado por um pino. Quando as rodas da locomotiva acionam o pino, a mola no interior da caixa lança graxa nos trilhos. Gostaria de saber para que serve (César Tonetti, Vinhedo, SP).

Elétricas - A propósito da pergunta do Marco A. S. Freire, do Rio, CO-84/29, tais locomotivas chegaram quando da eletrificação da EF Sorocabana (ver artigo do Rui Antunes no CO-84/29), de procedência americana, Fabricadas pela GE e pela Westinghouse, na mesma época em que a Cia. Paulista estava recebendo suas V-8.

O Centro-Oeste já publicou uma foto dessas máquinas na última página do DC-7, atravessando o rio Sorocaba.

Na Fepasa estas locomotivas são da série 2000, rodagem 1-C+C-1. O acesso do maquinista de fato é pela frente, com uma porta central.

O "recuo" a que o colega se refere não existe. Na frente da locomotiva há uma plataforma - como nas Russas - sustentada pelo eixo-guia. As laterais possuem grades de ventilação idênticas às da V-8. Os pantógrafos ainda são do tipo clássico (4 braços), enquanto todas as outras elétricas de linha da Fepasa possuem pantógrafo de 2 braços. Seu apelido entre os maquinistas da Fepasa é "Loba", não me pergunte por quê. No Museu de Jundiaí - se é que ainda existe - há o modelo de uma "Loba" escala 1:20 com a pintura da EFS.

Mas a linha métrica da ex-Sorocabana também tem locomotivas bastante semelhantes às Vanderléas da CPEF (bitola larga). São locomotivas menores, rodagem B-B, apenas uma frente, com as 3 janelas características do protótipo e o acesso é feito pela lateral. São da série 2100, bitola 1 metro, 2150 HP - a Vanderléa da CP é bifrontal e tem 5200 HP (Paulo R. Filomeno, Paulínia, SP).

«» ª • — “”
Centro-Oeste
CO-1 | CO-2 | CO-3 | CO-4 | CO-5 | CO-6 | CO-7 | CO-8 | CO-9 | CO-10 | CO-11 | CO-12 | CO-13
CO-14 | CO-15 | CO-16 | CO-17 | CO-18 | CO-19 | CO-20 | CO-21 | CO-22 | CO-23 | CO-24
CT-1 | CT-2 | CT-3 | CT-4 | CO-25 | CT-5 | CT-6 | CT-7 | CT-8 | CT-9 | CO-26 | CT-10 | CT-11
CT-12 | CT-13 | CT-14 | DC-1 | DC-2 | DC-3 | DC-4 | DC-5 | DC-6 | DC-7 | DC-8 | DC-9-10
DC-11-12 | DC-13 | DC-14-15 | DC-16-17 | DC-18 | DC-19 | DC-20 | DC-21 | CO-62 | CO-63
CO-64 | CO-65 | CO-66 | CO-67 | CO-68 | CO-69 | CO-70 | CO-71 | CO-72 | CO-73 | CO-74 | CO-75
CO-76 | CO-77 | CO-78 | CO-79 | CO-80 | CO-81 | CO-82 | CO-83 | CO-84 | CO-85 | CO-86 | CO-87
CO-88 | CO-89 | CO-90 | CO-91 | CO-92 | CO-93 | CO-94 | CO-95 | CO-96 | CO-97 | CO-98
Catálogo 1987 | Catálogo 1988 | Catálogo 1990 | Catálogo 1991/1992
Índice | Folheto
Publicações da história do ferreomodelismo brasileiro
Manual Atma CA | Manual Atma CC | Sport Modelismo | EFOM | Informativo Frateschi | Apontamentos
Ferrovias para você construir | Estatutos da SBF | Catálogos Frateschi | Esporte Modelismo | Centro-Oeste
Catálogo Miniaturas Artesanais | Catálogo Model / Hobbylândia | Catálogo History | Ferrovia | Revista Ferroviária
Revista Brasileira de Ferreomodelismo | Informativo AFRJ | Escala Dupla | Escala UMM | Composição
Dormente de Ferro | Taipin | Dormente de Ferro | Trem de Ferro | SD40-2 | Jornal do Ferreomodelista
Guindastes ferroviários no Brasil | ABC do Ferreomodelismo | Como divulgar o hobby?
Publicações marcam períodos de expansão | Centro-Oeste inaugura sua tipografia eletrônica | Publicações listadas até 1991
   

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

  

Ferreofotos

• Estação Aimorés - Trem Vitória a Minas - 27 Set. 2017

• EFSPRG - A ferrovia na guerra do Contestado - 25 Set. 2017

• Toshiba DNPVN - Porto do Rio Grande - 11 Jul. 2017

• A volta da locomotiva "Velha Senhora" (1981) - 18 Fev. 2017

• Reconstrução da Rotunda de São João del Rei (1983-1984) - 8 Dez. 2016

• Trem do centenário do cerco da Lapa (1993) - 2 Dez. 2016

• Embarque de blindados em vagões Fepasa (1994) - 27 Nov. 2016

• Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 23 Nov. 2016

• G12 canadenses “espartanas” nº 4103-4196 na ALL - 7 Set. 2016

• Locomotivas “Loba” GE 1-C+C-1 nº 2001 a 2025 Fepasa - 5 Set.. 2016

  

Ferrovias

• Locomotiva GE U23C nº 3902 RFFSA - 8 Out. 2017

• Trem Vitória - Belo Horizonte - pontos de venda - 2 Out. 2017

• Horários do Trem Vitória - Belo Horizonte - 28 Set. 2017

• Litorinas Budd RDC no Brasil - 27 Set. 2017

• Trem das Águas - ABPF Sul de Minas - 15 Set. 2017

• Fases de pintura das locomotivas English Electric EFSJ / RFFSA - 2 Mai. 2017

• A Velha Senhora no trem da Luz a Paranapiacaba (1985) - 22 Fev. 2017

• Horários do Trem turístico S. João del Rei - 6 Dez. 2016

• Trens especiais Curitiba - Pinhais (1991) - 29 Nov. 2016

• Trem turístico a vapor Curitiba - Lapa (1986) - 26 Nov. 2016

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferreomodelismo

• Backlight em maquetes de ferreomodelismo - 5 Nov. 2017

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

  

Legislação

• Estrutura da Valec - Decreto 8.134, de 28 Out. 2013

• “Open access” e atuação da Valec - Decreto 8.129, de 23 Out. 2013

• Sistema Nacional de Viação - Lei 12.379, de 6 Jan. 2011

• Aviso RFFSA - Trens turísticos - 7 Out. 1992

Moedas | Medidas
  
  

Byteria

Acompanhe no FB


Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade