Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

   
O ferreomodelo nos trilhos da maquete

Ferreomodelos
Vagão TCQ da Esso
para variar o trem de combustíveis


 
Kelso Médici
Centro-Oeste n° 90 — 1° Jul. 1994

Sua mini-composição de vagões tanque ainda apresenta aquela monotonia?

Então está na hora de arregaçar as mangas e partir para uma modificação fácil de realizar.

Com um vagão Frateschi à mão — de preferência na cor alumínio —, siga o procedimento abaixo:

1 — Separe o corpo do estrado.

As partes não são coladas, mas apenas encaixadas, inclusive as escadinhas.

2 — Corte 13,5 mm em cada lado do tanque, porém não nas extremidades, mas das cintas de amarração ao estrado, para o centro (Fig.).

Corte também a longarina do estrado.

Atenção para serrar "no esquadro". Ao colar as partes junto às cintas, a emenda não aparecerá.

3 — Remova os decais, se o vagão for da série antiga, já fora de linha.

Com uma pequena pressão de fita adesiva sobre o decalque, puxe a fita e o decalque se descolará do vagão.

Se o vagão for da série atual (Fepasa, por exemplo), será preciso pintá-lo adiante, nos passos 4, 5 e 6, para cobrir as inscrições.

4 — Remova as calotas e cole as extremidades cortadas. Aplique a cola pelo lado interno do tanque.

Lembre de marcar as peças das extremidades, para não perder o alinhamento em relação ao corpo.

5 — Corte a chapa de lastro (peso interno ao tanque), se quiser usá-la.

6 — Coloque o lastro, as calotas e os corrimãos.

7 — Pinte, se necessário.

Quem domina a técnica de uso de aerógrafo, deverá usá-lo.

«» ª … •’ — “”
   

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  
Confecção do tanque para o ferreomodelo de vagão
Corte o tanque do ferreomodelo original nos pontos indicados e descarte as partes hachuradas

Se o corpo não apresentar falhas na pintura de fábrica, poderá ser usado spray Coralit prata ref. 009 da Coral.

Caso contrário, use esmalte alumínio aplicado com mini-rolo de espuma ou aerógrafo.

Caso seja usado o spray, não esqueça de retirar o volante do freio manual, que será pintado com pincel e recolocado após a secagem.

8 — Aplique com pincel bem macio uma demão de verniz brilhante incolor diluído, mesmo que o vagão não tenha sido pintado.

É a base para a aplicação dos decais.

9 — Aplique os decais.

As faixas foram adquiridas na Casa Aerobrás, em São Paulo, SP.

As tiras azul e vermelha já vêm cortadas na largura de 10 mm.

As brancas vêm numa cartela com 4 faixas de 1,5 a 2 mm de largura.

A moldura preta é parte de uma folha com linhas de diversas larguras. Foi usada a mais estreita, com cerca de 0,5 mm.

Todas têm comprimento de 220 mm.

A identificação TCQ-034.301-3 e os quadros de revisão foram feitos com decais da primeira folha lançada pelos LAF, em 1986.

10 — A marca "Esso" foi feita com letras transferíveis Letra Fácil, nº L-07 da Letraset.

As faixas azul e vermelha ficaram com largura fora da escala.

Não encontrei letras brancas na escala correta e — para guardar a proporção letra / faixa — achei por bem sacrificar a escala das faixas.

11 — Aplique 2 demãos de verniz fosco incolor, Acrilex TK ou similar.

12 — Envelheça o modelo com giz pastel seco e aplique mais 1 ou 2 demãos de verniz fosco — agora com o estrado já contendo a identificação e encaixado no tanque, porém ainda sem os rodeiros.


13 — Confesso que não consigo lembrar se a identificação no estrado foi feita com decal ou letra transferível.

No primeiro caso, deve ser envernizado antes, para receber os decais.

Já as letras transferíveis, "pegam" melhor diretamente no plástico do que sobre o verniz.

As letras e números no estrado são menores do que no tanque.

14 — Monte as escadas (já fosqueadas com o verniz) e os rodeiros.

O protótipo foi fotografado em 89/Abril, no pátio da Refinaria do Planalto (Replan), em Paulínia, SP.

Nunca é demais lembrar que, para maior fidelidade do modelo, se possível deve-se fotografar o maior número de detalhes do protótipo.

   

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

Acompanhe no FB

Vagão TCQ-034301-3 Esso no pátio ferroviário da Refinaria do Planalto (Replan), em Paulínia
Vagão TCQ-034301-3 Esso no pátio ferroviário da Refinaria do Planalto (Replan), em Paulínia
Ferreomodelos do Kelso
Caboose | Tanques TCR | Tanque TCQ | Fechados FRR
ICD Wilson Fepasa | ICC RFFSA Bordon | Vagão-cebola
Ferramentas e técnicas de construção de ferreomodelos
Materiais & ferramentas para o trabalho com modelos | Material & ferramentas para modelos em plástico
Fixação de truques em modelos de fabricação própria | Fresando cilindros de balsa e estireno | Fresa de isqueiro
Fazendo e modificando ferreomodelos
Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) | Detalhamento do vagão HAT | Detalhamento de um vagão fechado
Fazendo um container em poliestireno | Estrutura para um vagão prancha rebaixado | Fazendo um vagão caboose
Transformando uma gôndola Atma em vagão GPD da RFFSA | Modelando um vagão de água da Paulista
Nacionalizando locomotivas estrangeiras (I) | Nacionalizando locomotivas estrangeiras (II) | Nacionalizando vagões estrangeiros
Coloque sua RDC na escala correta | Modificação da AS-616 Stewart Hobbies | Modificação da GP18 Proto 2000 Life Like
Modelando uma locomotiva U23C em escala HO
Fazendo uma C36ME a partir de U33C ou U36C | Modelando a locomotiva C30-7

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade