Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
O trem turístico na Passagem de Mariana em 2006: locomotiva a vapor Santa Fé (2-10-2) puxando 4 vagões com auxílio da diesel G8 na cauda
O trem turístico na Passagem de Mariana em 2006: locomotiva a vapor Santa Fé (2-10-2) puxando 4 vagões com auxílio da diesel G8 na cauda

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

  

Ferreofotos

• Estação Aimorés - Trem Vitória a Minas - 27 Set. 2017

• EFSPRG - A ferrovia na guerra do Contestado - 25 Set. 2017

• Toshiba DNPVN - Porto do Rio Grande - 11 Jul. 2017

• A volta da locomotiva "Velha Senhora" (1981) - 18 Fev. 2017

• Reconstrução da Rotunda de São João del Rei (1983-1984) - 8 Dez. 2016

• Trem do centenário do cerco da Lapa (1993) - 2 Dez. 2016

• Embarque de blindados em vagões Fepasa (1994) - 27 Nov. 2016

• Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 23 Nov. 2016

• G12 canadenses “espartanas” nº 4103-4196 na ALL - 7 Set. 2016

• Locomotivas “Loba” GE 1-C+C-1 nº 2001 a 2025 Fepasa - 5 Set.. 2016

   

Trem turístico Ouro Preto - Mariana
Túneis, paisagens e locomotivas


 
Flavio R. Cavalcanti - 22 Dez. 2015

O trajeto sinuoso da ferrovia entre Ouro Preto e Mariana, — com seus túneis e paisagens, entre montanhas e vales, — é o maior atrativo do trem turístico,

Ao mesmo tempo, é sua maior dificuldade.

O trem enfrenta um desnível de mais de 360 metros, — da altitude de 697 m em Mariana para 1.060 m em Ouro Preto, — a ser vencido ao longo de 18 km de trilhos.

Daí, o desafio enfrentado pelos antigos engenheiros, de contornar ribanceiras em curvas apertadas e perfurar túneis, para vencer a diferença de altitude entre as duas cidades.

    Perfil da linha, de Burnier a Mariana
Perfil da linha, de Burnier a Mariana

A ferrovia

A Estrada de Ferro D. Pedro II atingiu Ouro Preto somente no penúltimo ano da monarquia, em 1888, por um ramal iniciado em Burnier, na Linha do Centro.

A função do ramal era essencialmente política, — ligar a “Côrte” (capital do Império) à capital da província de Minas Gerais, — uma vez que a região montanhosa de Ouro Preto não tinha significado econômico, desde o final do século anterior.

Tratava-se de transportar pessoas, — e não cargas pesadas, — até a sede política e administrativa da província, ou dela para para as demais regiões da província e para o Rio de Janeiro.

Transferida a capital da província para a nova “Cidade de Minas” (Belo Horizonte), em 1897, “foi ainda preciso ligá-la, mais rapida e economicamente, à riquíssima zona da Mata”, pelo prolongamento dos trilhos até Ponte Nova, — onde a EF Central do Brasil (antiga EF D. Pedro II) fez conexão com a Leopoldina, cobrindo a região leste de Minas, a Zona da Mata [Max Vasconcelos, p. 363-377].

Uma descrição de 1928

Eis como Max Vasconcelos descreve o trecho:

O ramal de Ponte Nova tem início na estação Burnier (km 498,264).

Tomando a direção de leste a linha sobe com uma rampa de 2,53%, até o km 498,280; depois desenvolve-se em direção à garganta de São Julião, divisa das águas do São Francisco e do rio Doce.

A estação de Ouro Preto fica situada entre o morro do Cruzeiro, à direita, e a cidade, à esquerda.

Partindo dela o trem toma a direção leste, atravessando novamente o Funil sobre a ponte Nona (38,78 m, km 541,460) entrando logo em seguida no Túnel 2, de 31,00 m, depois do qual chega a Itacolomi (km 543,600) [Vitorino Dias, km 543,736, alt. 1.021 m]

A partir de Itacolomi o trem penetra logo em seguida no Túnel 3, de 65,80 m, para 300 m após varar o Túnel 4, de 106,00 m; depois, tomando a direção nordeste, galga o divisor das águas dos rios Doce e das Velhas, transpõe a ponte Oscar Lacerda, de 7,62 m (km 544,161) e entra no município de Mariana.

Esbatidos no painel fusco da serra, vão surgindo, no fundo, à direita, as habitações de Passagem (km 547,800) [Passagem de Mariana, km 547,667, alt. 928 m].

Saindo de Passagem, o trem toma a direção norte e rola pela vertente elevada do ribeirão do Carmo. …

No km 554,910 é transposto o Túnel 5, de 68,00 m; e terminando a descida da encosta rochosa, chega o trem a Mariana [Max Vasconcelos, p. 363-377].

Locomotivas do trem turístico

Para vencer as rampas desse trecho difícil, — reconstruído em 2006, sem alterações fundamentais em seu perfil, — a Vale escolheu uma imponente locomotiva Santa Fé (2-10-2), de comprovada experiência na cordilheira do Trasandino Norte.

Porém, a potente locomotiva a vapor não se aclimatou como esperado, nas curvas apertadas do trecho turístico entre Ouro Preto e Mariana, — e acabou pedindo “auxílio de cauda” da modesta locomotiva G8 nº 4066 para tracionar 4 vagões de passageiros.

Solucionado o problema de força, logo se evidenciou um segundo problema, — a pesada locomotiva a vapor de 10 rodas motrizes (5 eixos) forçava os trilhos nas curvas fechadas, — e acabou substituída pela brava diesel-elétrica G8 nº 4066, que hoje comanda sozinha o trem turístico, devidamente pintada para mimetizar uma “locomotiva a vapor”.

«» ª … •’ — “”
   

Ferrovias

• Estrada de Ferro Goiás - 30 Jul. 2018

• Locomotiva GE U23C nº 3902 RFFSA - 8 Out. 2017

• Trem Vitória - Belo Horizonte - pontos de venda - 2 Out. 2017

• Horários do Trem Vitória - Belo Horizonte - 28 Set. 2017

• Litorinas Budd RDC no Brasil - 27 Set. 2017

• Trem das Águas - ABPF Sul de Minas - 15 Set. 2017

• Fases de pintura das locomotivas English Electric EFSJ / RFFSA - 2 Mai. 2017

• A Velha Senhora no trem da Luz a Paranapiacaba (1985) - 22 Fev. 2017

• Horários do Trem turístico S. João del Rei - 6 Dez. 2016

• Trens especiais Curitiba - Pinhais (1991) - 29 Nov. 2016

• Trem turístico a vapor Curitiba - Lapa (1986) - 26 Nov. 2016

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Acompanhe no FB

Trem Ouro Preto - Mariana em 2006: locomotiva a vapor Santa Fé (2-10-2) puxando 4 vagões com auxílio da diesel G8 na cauda
Trem Ouro Preto - Mariana em 2006: locomotiva a vapor Santa Fé (2-10-2) puxando 4 vagões com auxílio da diesel G8 na cauda
Trajeto visível do trem turístico entre Ouro Preto e Mariana
Trajeto visível do trem turístico entre Ouro Preto e Mariana
Trem Ouro Preto - Mariana
Ouro Preto | Vitorino Dias | Passagem de Mariana | Mariana
Santa Fé | G8 (Girador) | Carros | Percurso | Ramal de Ponte Nova (1960)
A maquete do trem turístico | Trem dos Inconfidentes (1987)
A volta | Reconstrução | Trem de lastro | Isolamento
Passeios turísticos e Trens de passageiros
Vitória - Belo Horizonte | São Luís - Parauapebas
Trem do Corcovado | São João del Rei | Ouro Preto - Mariana
Campos do Jordão | Trem das Águas | Trem da Mantiqueira
Trem das Termas | Montanhas Capixabas | Ubajara

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade