Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

  

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

 

Ferreomodelismo
Nos trilhos do mercado externo


 
Marília de Camargo César – Gazeta Mercantil – 23-nov-1994

Aumentar as exportações pode ser uma das saídas para os atuais conflitos da Indústrias Reunidas Frateschi Ltda., de Ribeirão Preto, tradicional fabricante de trenzinhos elétricos.

Com quase 40 anos de experiência no setor de ferreomodelismo, esta pequena empresa, com 60 funcionários e capacidade para 1,3 mil trens por mês, teve sua trilha de crescimento seriamente obstruída durante os anos Collor, e agora enfrenta o desafio de sair do vermelho e voltar a crescer.

Os primeiros sinais de recuperação começaram este ano, com a expectativa de faturamento pelo menos 15% maior do que em 1993, ou de cerca de R$ 460 mil.

Mas é preciso jogar carvão nessa pequena locomotiva para que retorne à marca de US$ 1,5 milhão obtida em 1989, quando então produzia 3 mil trenzinhos por mês.

Começando a mudar

Os anos 80 foram dourados para a Frateschi. Elevou sua capacidade de 600 trens / mês, em 1980, para 3 mil mensais em 1989, enquanto o número de funcionários quintuplicava de 14 para 72.

Seu leque de clientes, até então formado por pequenas lojas especializadas em modelismo, ampliou-se para grandes lojas de brinquedos e de departamentos, incluindo a Mesbla, com quem teve um valioso contrato até 1987.

Mas chegaram os anos 90 e, com eles, a recessão. A lucratividade entrou em queda como um trem descontrolado.

Um telefonema dos Estados Unidos, no final de 1991, conseguiu impedir que esse trem descarrilasse.

A chamada era da Model Power, fabricante de brinquedos de Nova Iorque, com uma encomenda de 34 mil vagões.

O contrato deu novo impulso aos negócios e abriu as portas para 2 novos clientes norte-americanos.

Hoje, apenas esses 3 importadores já respondem por 25% do faturamento da empresa.

"A exportação é uma solução, mas a saída mesmo é investir em qualidade e produtividade. Para investir, precisamos de um fator mais importante: — O aumento do consumo interno", diz Celso Frateschi, há mais de 20 anos à frente da empresa.

Questão cultural

Para ele, ainda há muitos obstáculos a transpor. Eles vão da própria falta de uma cultura de ferreomodelismo no País, até a atração que as novas gerações têm por diversões mais "high-tec"; e do problema óbvio da defasagem cambial, até a recente invasão de trenzinhos asiáticos, mais baratos, no mercado nacional.

"Meus clientes americanos não encaram o videogame como ameaça ao ferreomodelismo. Para eles, o trem elétrico é um brinquedo clássico que, ao contrário dos outros brinquedos, não tem ciclo de vida definido".

No Brasil, comenta, a falta de ferrovias e o próprio clima tropical — que desestimula atividades em ambientes fechados — afetam o desempenho deste setor.

   

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

Frateschi lança nos EUA a Ten-Wheeler | Nos trilhos do mercado externo | Fábrica começou em fundo de quintal
Frateschi Trens Elétricos - Histórico
1958: Brinquedos Frateschi | 1964: Postes telegráficos | 1967: Ponte metálica 165 mm | 1967: Plataforma de estação
1968: Portal de túnel e Depósito de locomotivas | 1969: Ponte metálica 330 mm, Vagão prancha e Vagão gaiola
1970: Vagão Frima | 1974: Estação moderna | 1977: A bula das locomotivas G12 | 1979: "Desvio" | Informativo Frateschi
1981: Carros Budd | 1992: Volantes de inércia | 1994: Ten-Wheeler nos EUA | Nos trilhos do mercado externo
1995: Motor Mabuchi | 2004: A locomotiva V8 / Escandalosa
Fábrica começou em fundo de quintal | A evolução é o caminho natural
Geometria dos "trilhos" Frateschi | Itens & Cronologia
As escalas da Frateschi
G-12 | G-22U | G-22CU | FA-1 | Consolidation | U-20C | U-5B
Vagão Tremonha | Carros Budd | Motores & motores
Marcas da história do ferreomodelismo brasileiro
Metalma | Erka | A bitola O brasileira | Estrela | Atma | Frateschi | Pioneer | Modeltrem / Hobbylândia | Miniaturas Artesanais
MR Custom | LAF | Phoenix | GM Paint | Minitec | Herpa | MRZ Decais | Pinto Family | Decais do Carlão | Hobbytec
Produtores em atividade | Lojas e serviços
Para uma história do ferreomodelismo no Brasil
Pré-História & Priscas Eras | Cronologia 1945-1965 | Cronologia 1965-1969 | Acréscimos & correções
Pioneiro vendeu tudo para se estabelecer | Fiz minha primeira locomotiva sem saber que era "HO"
A bitola O brasileira | "Você é europeu ou americano?" | Brinquedos Frateschi | Ferreomodelismo Frateschi
Afinal, quem somos nós, os ferreomodelistas? | Publicações marcam períodos de expansão
Publicações da história do ferreomodelismo brasileiro
Manual Atma CA | Manual Atma CC | Sport Modelismo | EFOM | Informativo Frateschi | Apontamentos
Ferrovias para você construir | Estatutos da SBF | Catálogos Frateschi | Esporte Modelismo | Centro-Oeste
Catálogo Miniaturas Artesanais | Catálogo Model / Hobbylândia | Catálogo History | Ferrovia | Revista Ferroviária
Revista Brasileira de Ferreomodelismo | Informativo AFRJ | Escala Dupla | Escala UMM | Composição
Dormente de Ferro | Taipin | Dormente de Ferro | Trem de Ferro | SD40-2 | Jornal do Ferreomodelista
Guindastes ferroviários no Brasil | ABC do Ferreomodelismo | Como divulgar o hobby?
Publicações marcam períodos de expansão | Centro-Oeste inaugura sua tipografia eletrônica | Publicações listadas até 1991

 

Busca no site
 

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

    
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home

Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade