Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
O primeiro "desvio" Frateschi
O primeiro "desvio" Frateschi

   

Para uma história do ferreomodelismo no Brasil
Os primeiros "desvios" Frateschi


 
Flavio R. Cavalcanti

Lançados para completar o conjunto original de "trilhos rígidos" da Frateschi, os "desvios" ref. 4165 tinham 165 mm de comprimento na reta — o mesmo comprimento do AMV da Atma.

A diferença estava nas curvas. Enquanto os "desvios" e "trilhos curvos" da Atma formavam seções modulares de 18 e 36 graus, os da Frateschi adotavam seções modulares de 30, 20 e 10 graus — bem mais práticas em um mundo onde paredes e mesas têm cantos de 90 graus.

A curva do "desvio" Frateschi correspondia ao "trilho curvo" ref. 4166, lançado em seguida, com raio de 482,6 mm e ângulo de 20°. Para completar, foi lançada a meia curva de ajuste ref. 4083, com ângulo de 10°.

As agulhas da Atma, feitas de chapa de lata dobrada, não tinham eficiência para desviar os flanges de suas rodas — descritas como verdadeiras "lâminas", de tão finas —, que entravam entre as agulhas e os trilhos principais, causando descarrilamentos com excessiva frequência. Além disso, as agulhas eram curtas, forçando um desvio muito brusco em curto espaço.

As agulhas do "desvio" Frateschi foram projetadas para superar esses dois problemas. Eram mais longas, propiciando um desvio menos brusco. E eram de trilho (perfil) limado lateralmente, para encaixar em vãos limados nos trilhos (perfis) principais — o que evitava a entrada indesejável do flange entre ambos.

Atualizações do “Centro-Oeste”
Ferreofotos | Ferrovias | Ferreomodelismo | Ferreoclipping | Bibliografia
 
Observe as agulhas do "desvio" Frateschi, mais longas, para uma transição mais suave desde o trilho reto
Observe as agulhas do "desvio" Frateschi, mais longas, para uma transição mais suave desde o trilho reto
Observe as agulhas do "desvio" Atma (à direita), feitas de lata dobrada, permitindo a entrada do flange das rodas do trem entre elas e os trilhos principais
Observe as agulhas do "desvio" Atma (à direita), feitas de lata dobrada, permitindo a entrada do flange das rodas do trem entre elas e os trilhos principais
Frateschi Trens Elétricos - Histórico
1958: Brinquedos Frateschi | 1964: Postes telegráficos | 1967: Ponte metálica 165 mm | 1967: Plataforma de estação
1968: Portal de túnel e Depósito de locomotivas | 1969: Ponte metálica 330 mm, Vagão prancha e Vagão gaiola
1970: Vagão Frima | 1974: Estação moderna | 1977: A bula das locomotivas G12 | 1979: "Desvio" | Informativo Frateschi
1981: Carros Budd | 1992: Volantes de inércia | 1994: Ten-Wheeler nos EUA | Nos trilhos do mercado externo
1995: Motor Mabuchi | 2004: A locomotiva V8 / Escandalosa
Fábrica começou em fundo de quintal | A evolução é o caminho natural
Geometria dos "trilhos" Frateschi | Itens & Cronologia
Aparelho de Mudança de Via - AMV - "desvio"
Evite problemas no AMV | Alimentação de trilhos no AMV | As ligações do AMV
Vagão limpa-trilhos | AMVs e material rodante | Protetor de "desvios" da AMF (1986)
Esconda as bobinas dos AMVs | Os primeiros "desvios" Frateschi
AMV em Triângulo (PB) | AMVs em Brasília | AMV-UIC do Metrô-DF
Cobrasma | Jaraguá | Premesa
Marcas da história do ferreomodelismo brasileiro
Metalma | Erka | A bitola O brasileira | Estrela | Atma | Frateschi | Pioneer | Modeltrem / Hobbylândia | Miniaturas Artesanais
MR Custom | LAF | Phoenix | GM Paint | Minitec | Herpa | MRZ Decais | Pinto Family | Decais do Carlão | Hobbytec
Produtores em atividade | Lojas e serviços
Para uma história do ferreomodelismo no Brasil
Pré-História & Priscas Eras | Cronologia 1945-1965 | Cronologia 1965-1969 | Acréscimos & correções
Pioneiro vendeu tudo para se estabelecer | Fiz minha primeira locomotiva sem saber que era "HO"
A bitola O brasileira | "Você é europeu ou americano?" | Brinquedos Frateschi | Ferreomodelismo Frateschi
Afinal, quem somos nós, os ferreomodelistas? | Publicações marcam períodos de expansão

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade