Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
 

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

   

Maquetes de ferreomodelismo
Material & ferramentas para o container


 
Fernando Leon Lucas — Centro-Oeste n° 82 (1°-Set-1993)

O poliestireno é um plástico vendido em chapas de 60 x 100 cm, em diversas espessuras — as mais usadas pelos ferreomodelistas são de 2 mm, 1 mm, e 0,5 mm. Já ouvi falar que, em algumas cidades, também são vendidos retalhos.

Os separadores para arquivo de fichas, marca Menno — em jogos de "A a Z" (índice alfabético), "1 a 31" (índice mensal) etc. —, também são de poliestireno, e têm espessura de 0,6 mm.

Também são de poliestireno algumas embalagens de margarina, iogurte, e uns potes que certos supermercados usam para a venda de produtos a granel.

Para saber se determinado plástico é ou não poliestireno, é necessário fazer um teste com o líquido (solvente) usado para "soldá-lo".

Ferramentas

Esse plástico não requer ferramentas especiais. Pode ser cortado, limado, furado e lixado sem maiores problemas.

A melhor maneira de cortá-lo é com uma faca tipo Olfa ou similar, tendo como guia uma régua.

No ato do corte, a lâmina produz uma rebarba na beirada do poliestireno. Esta rebarba pode ser removida com a própria lâmina da faquinha, passando-a bem inclinada.

O uso de uma lixa pode ajudar bastante nessa tarefa. Recomendo lixas de várias granulações, ou uma média, n° 220, própria para madeira.

Um auxiliar de grande utilidade, para quem trabalha com modelismo, é uma lixa fixada em volta de um bloco de madeira de uns 20 x 20 mm, com 200 mm de comprimento (Fig. 1).

Bloco de lixa para acabamento de ferreomodelos

A lixa dá a volta na madeira e termina no mesmo lado, bem apertada e fixada por percevejos, ou tachinhas.

Esta lixa deverá durar bastante, pois teremos 3 lados para usar.

Solda plástica

O poliestireno é facilmente "soldado" com tolueno, thinner ou clorofórmio. Particularmente, prefiro o clorofórmio, por me parecer de secagem mais rápida, e menos poluente.

O toluol pode ser adquirido em qualquer papelaria. É aquele líquido transparente, usado para diluir o corretivo (branco) de datilografia.

Mas lembre que todos esses produtos são nocivos à saúde:

Estes líquidos não são colas. Eles dissolvem o plástico, fundindo — ou soldando — uma peça na outra. Por isso, é importante não aplicar líquido demais, pois as peças podem deformar.

Uma forma prática de aplicar o solvente é com um pincel fino, que vamos mergulhando no líquido, e passando por trás da junção das peças a serem soldadas. O líquido penetra entre elas, fundindo uma na outra.

Aplicação da solda plástica para confecção de ferreomodelos

O primeiro passo é reunir as peças, tão perfeitamente quanto possível — na posição correta, e no ângulos certo. Aplique pouco solvente, em 2 pontos. Torne a verificar o posicionamento das peças. Por fim, aplique mais solvente, em toda a junção.

Massa plástica

Para preencher um furo, uma fresta, ou realizar pequenas correções, você pode fazer sua própria massa plástica.

Aproveite raspas de plástico, aparas etc., e coloque-os num vidro pequeno, com um pouco do solvente.

O líquido vai desmanchar o poliestireno, transformando-o numa massa, que poderá ser aplicada conforme necessitarmos.

O corte

Para cortar o poliestireno, não é necessário que a faquinha separe as partes. Basta que faça um pequeno sulco, e com os dedos forçamos a peça, para que quebre na linha desejada.

Este procedimento é útil, especialmente, quando precisamos cortar tiras longas e estreitas — de 1 a 4 mm de largura, como as que vamos usar na decoração externa dos containers.

Se forçarmos a faca até separar as peças, elas vão ficar tortas, o que dificultará sua utilização. Para que as tiras não se deformem, a faquinha deve apenas riscar bem a superfície.

Em seguida, colocamos a placa com o risco — virado para cima — exatamente sobre a borda de uma mesa, ou tábua, vidro etc., e fazemos pressão para baixo. Então, o plástico irá se partir ao longo da linha desejada.

Confecção de containers
A caixa | Decoração externa | A porta | Acabamento e pintura | Material e ferramentas
Fazendo e modificando ferreomodelos
Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) | Detalhamento do vagão HAT | Detalhamento de um vagão fechado
Fazendo um container em poliestireno | Estrutura para um vagão prancha rebaixado | Fazendo um vagão caboose
Transformando uma gôndola Atma em vagão GPD da RFFSA | Modelando um vagão de água da Paulista
Nacionalizando locomotivas estrangeiras (I) | Nacionalizando locomotivas estrangeiras (II) | Nacionalizando vagões estrangeiros
Coloque sua RDC na escala correta | Modificação da AS-616 Stewart Hobbies | Modificação da GP18 Proto 2000 Life Like
Modelando uma locomotiva U23C em escala HO
Fazendo uma C36ME a partir de U33C ou U36C | Modelando a locomotiva C30-7
Ferramentas e técnicas de construção de ferreomodelos
Materiais & ferramentas para o trabalho com modelos | Material & ferramentas para modelos em plástico
Fixação de truques em modelos de fabricação própria | Fresando cilindros de balsa e estireno | Fresa de isqueiro
Colas & químicas
Colas no ferreomodelismo | Produto químico exige cuidados | Perigos & perigos
Ferramentas & técnicas de pintura
Cabine para pintura | Fazendo tintas | Agitador de tintas | Preparação para pintura
Cores & distância | O ABC dos decais | Envelhecimento com giz pastel | Envelhecimento com aerógrafo
Bomba de Flit | A velha bomba de Flit | Fole de joalheiro | Compressor caseiro
Escalas & medidas no ferreomodelismo
Paquímetro (digital) | Escalímetro | Conversão de medidas | Pés, polegadas & cia.
Escalímetro HO / N para imprimir | Escalímetro de peso para vagões | Tabela de pesos em escala
Rodas RP-25 | Códigos dos trilhos | Gabarito Mark III | O efeito escala sobre as cores
Bitolas no ferreomodelismo | Bitolas e escalas | As escalas e suas bitolas (I)
   
  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

Acompanhe no FB


Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade