Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Ferrovias

• Cronologia, cidades e pátios da Ferrovia Norte-Sul - 24 Mai. 2014

• Trem das Termas - 17 Mai. 2014

• A reativação da EFMM em 1981 - 7 Abr. 2014

• A fábrica de locomotivas Villares- 6 Abr. 2014

• Locomotivas GMSA GT18MC e GT26MC Spoornet Tração - 7 Mar. 2014

• Antigos carros de madeira EFVM: AD - Administração | AI - Inquérito | AP - Pagador | AR - Restaurante Administração | ESF - Correio Bagagem Condutor | B - Primeira Classe | BR - Primeira Classe Buffet | BC - Primeira e Segunda Classe | C - Segunda Classe | R - Restaurante - 14 Fev. 2014

 • Estações ferroviárias da Linha do Centro - SR3 RFFSA em 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferreomodelismo

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

• Como construí minha própria locomotiva - 28 Set. 2013

• Miniaturas realmente a vapor - 28 Set. 2013

• Despejo no Modelódromo do Ibirapuera - 20 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 96 online - 14 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 1 online - 10 Set. 2013

• Vagões prancha Phoenix (1992) - 3 Set. 2013

• Vagão madeireiro Phoenix (1991) - 3 Set. 2013

  
   

Maquetes de Ferreomodelismo
Os códigos dos mini-trilhos


 
Marcelo Lordeiro – CO-93

O que é o código (code) de um trilho?

É a altura (H) do trilho medida em milésimo de polegada (25,4 mm / 1.000).

O trilho mais comum, na escala HO, é o Code 100 — cuja altura é de 0,100'' = 2,54 mm (Fig. 1).

São 6 os trilhos mais comuns, encontrados no mercado, no que diz respeito ao código:

Note que Railcraft e Shinohara fabricam estes trilhos também em grades de bitola mista HO / HOn3.

  

Perfis de trilhos em HO
Código H (mm) Fabricantes
(115) 2,91 Frateschi
Code 100 2,54 Atlas, Roco, Shinohara, Tyco, Railcraft e outros
Code 83 2,11 Shinohara, Walthers, PSCo, Railcraft (*)
Code 75 1,90 Roco
Code 70 1,78 Shinohara, PSCo, Railcraft
Code 55 1,40 Railcraft
Code 40 1,02 Railcraft

Emendando trilhos de alturas diferentes

Como fazer a emenda de 2 grades com trilhos de códigos diferentes?

Perfil de trilho ferroviário
Perfil de trilho ferroviário

1º Método:

Coloque a tala de junção — até a metade — no trilho mais alto. A outra metade (livre) da tala deve ser um pouco "amassada" com um alicate, para ajustar-se à altura do trilho mais baixo.

Solde um trilho no outro, alinhando os boletos pela lateral interna — já que a bitola é medida entre as laterais internas dos boletos.

2º Método:

Este é o método melhor — corte o trilho maior, deixando uma base para soldar em cima o trilho menor.

É muito comum, em maquetes, o uso de trilhos de altura diferentes — os mais baixos para os pátios e linhas secundárias, e os mais altos para as vias principais.

Nas ferrovias-protótipo, os trilhos mais leves (e de perfil mais baixo) são empregados em linhas secundárias e pátios onde não trafegam locomotivas pesadas, baixando o custo de construção.

Escalas & medidas no ferreomodelismo
Paquímetro (digital) | Escalímetro | Conversão de medidas | Pés, polegadas & cia.
Escalímetro HO / N para imprimir | Escalímetro de peso para vagões | Tabela de pesos em escala
Rodas RP-25 | Códigos dos trilhos | Gabarito Mark III | O efeito escala sobre as cores
Bitolas no ferreomodelismo | Bitolas e escalas | As escalas e suas bitolas (I)
Geometria dos trilhos
Raios de curva e material rodante | AMVs e material rodante | Afastamento adicional em curvas
Rodas RP-25 | Trilhos Code 100 | Gabarito Mark III | Gabaritos EBCB e VFRGS
Aparelho de Mudança de Via - AMV - trilhos de "desvio"
Evite problemas no AMV | Alimentação de trilhos no AMV | As ligações do AMV | Vagão limpa-trilhos | AMVs e material rodante
Protetor de "desvios" da Associação Mineira de Ferreomodelismo (1986) | Esconda as bobinas dos AMVs | Os primeiros "desvios" Frateschi
AMV em Triângulo (PB)
MR Custom
Locomotiva English Electric EFSJ | Locomotivas G12 e G8 | Locomotiva Zezé Leone | Locomotiva Escandalosa / V8
Carro da Leopoldina | Vagão para containers | Vagão siderúrgico | Vagão prancha EFCB | Vagão Correio-Bagagem-Gado
Maquete O / On30 para trens Lionel | Maquete em 20 dias | Maquete em fase de acabamento | Projeto SBF nível inferior | Projeto SBF nível superior
Adaptador Kadee para locomotivas G12 || Artigos técnicos: Preparação para pintura | Envelhecimento com giz pastel | Coloque sua RDC na escala correta
Como fazer um vagão prancha rebaixado | Os códigos dos mini-trilhos | Modelando a U23C n° 3902 da RFFSA | Copiando rochas da natureza
   
  

Bibliografia

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

• Viagem pitoresca e histórica ao Brasil - Jean Baptiste Debret - 15 Mai 2013

• Mad Maria - Marcio Souza - 2 Abr 2013

• Estrada de Ferro do Corcovado: 100 anos de eletrificação - Memória da Eletricidade - 22 Mar 2013

• Corcovado: a conquista da montanha de Deus - 16 Mar 2013

• Reconstrução da Estrada de Ferro do Corcovado - EFC - 6 Mar 2013

• Machado de Assis e a Administração Pública Federal - 16 Set. 2012

• O ciclo revolucionário do Ministério da Viação - 16 Set. 2012

Acompanhe no FB


Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade