Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Isotérmicos Frateschi

Madeira

• 2003 - Anglo
• 2007 - RFFSA EFSJ
• 2010 - Bordon
• 2003a - Frigorífico Wilson
• 2003b - Armour

Metálicos

• 2004 - Frima
• 2015 - ICC RFFSA
• 2016 - ID RFFSA Central
• 2042 - ICC RFFSA
              “faixa amarela”

• 2043 - ICD Fepasa
• 2044 - ICC RFFSA Bordon

ICC no IF-29

Outros

MRZ
Pinto Family
Decais VF-1
Pioneer

Isotérmicos dos Ferreomodelistas

ICP-32 Armour
ICP-331 Armour
VH-217 T. Maia / NoB
VH-221 T. Maia / NoB
ICD Wilson Fepasa
IB Bordon RFFSA
ICC RFFSA Bordon
PG-20 Wilson Comabra
EFSJ

Isotérmicos nas ferrovias

Frigorífico Continental
Frigorífico Anhanguera
Metálicos Cobrasma
Frigorífico Mouran
Frigorífico Matarazzo PR
Frigorífico Matogrossense
Cocecal Tupanciretã

Frigoríficos no Brasil

1911-1930
1931-1960
Década 1960
Década 1970

Plantas de Isotérmicos

IB/IC RFFSA NoB
IC RFFSA NoB
IC Serrana Tupanciretã
IC-1400-1401 RFFSA / EFSJ
IC-1410 RFFSA / EFSJ
ICC RFFSA SR6 Porto Alegre
ICD Fepasa
ICR-359600-359622 e ICR-359764-359770 Fepasa
ICR-359700-359749 Fepasa
ICR-359750-359763 Fepasa
ID-RFFSA / EFSJ Metrop. Cammell
ID RFFSA Central Middletown
ID-1551 RFFSA Central
ID-1591-1637 RFFSA Central

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

   

Informativo Frateschi - para uma história do ferreomodelismo
Vagão ICC — Uma história para contar


 
Informativo Frateschi n. 29
Nov. 1983 / Fev. 1984

O lançamento dos ferreomodelos Frateschi ref. 2015, 2016 e 2017, em 1984, foi acompanhado de um precioso levantamento sobre os vagões que lhes serviram de protótipos nas ferrovias brasileiras, que até hoje permanece uma referência importante para quem começa a pesquisar sobre os vagões frigoríficos no Brasil.

Observe que a reforma desses 95 vagões ICC, no início da década de 1970, parece ter sido o último investimento ferroviário no setor, ou do setor nas ferrovias.

O IF-29 também anunciava a retirada dos ferreomodelos ref. 2003 e 2010 da linha de produção.

Os vagões isotérmicos na capa do Informativo Frateschi nº 29
Os vagões isotérmicos na capa do Informativo Frateschi nº 29

(...) os ICC pertencem à RFFSA, em número total de 95 vagões, sendo que 33 rodam na SR-4 (NoB), outros 10 igualmente sediados em Bauru estão a serviço do frigorífico Bordon, e finalmente os demais 52 pertencem à SR-6, e estão sediados em Porto Alegre.

Os 33 vagões de Bauru (prefixo final identificado pela letra "J") eram originalmente fechados comuns, prefixo antigo FC-56.801 a 56.832, fabricados pela Cobrasma em 1967, e adaptados pela Recrusul em 1973, para se tornarem os antigos frigoríficos IC.

Por sua vez estes IC foram renumerados, após a adoção do sistema padronizado de vagões (ver IF-20 e 21) em:

  • ICC-627.480-3J até 627.512-5J

Os 10 vagões de Bauru a serviço do frigorífico Bordon, foram renumerados para:

  • ICC-627.470-6J a ICC-627.479-0J

apresentando pequenas diferenças no tipo de acabamento das frentes e no sistema de freios.

Os 52 vagões de Porto Alegre (prefixo final identificado pela letra "N") são hoje numerados como:

  • ICC-638.998-8N a 639.048-0N e 619.265-3N

estando portanto o 2015 Frateschi incluído entre estes.

Também estes vagões eram fechados comuns e foram adaptados para isotérmicos em 1966.

Todos os vagões ICC possuíam truque integral FNV, manga 5'' x 9'', caixa quente, tendo sido substituídos os mancais de deslizamento por rolamentos, nos mesmos truques.

O prefixo ICC significa tratar-se de um vagão isotérmico convencional, de manga de eixo de 5'' x 9'', bitola de 1,00 m. Não existem portanto estes vagões na bitola larga.

A viagem experimental dos vagões de Bauru ocorreu em 15/03/1972, partindo um trem de Campo Grande (MS) com dois ICC intercalados à composição. Este trem percorreu 1.240 km em 36 horas de viagem, até Domingos de Morais (estação da Fepasa, próxima a São Paulo). A temperatura inicial da carne era de -18ºC, tendo sido novamente verificada no destino, acusando -14ºC, com uma perda de 0,11ºC/h.

O revestimento interno original de resfriamento destes vagões era isopor, hoje substituído por poliuretano.

Para o sistema original de resfriamento, utilizavam-se as duas escotilhas superiores por onde se introduzia o gelo. Hoje este sistema foi abandonado e as escotilhas tornadas obsoletas, entretanto ainda não removidas. Para resfriar-se o vagão, o mesmo é agora introduzido por inteiro numa câmara frigoríica gigante, onde permanece aberto, até seu resfriamento total, quando então as portas são fechadas.

A versão de bitola larga dos ICC são os antigos ID cujo nº 1630 da EFCB corresponde ao 2016 da Frateschi [ver ID-1591-1637 RFFSA Central (FRC, Fev. 2013)].

A foto que mostramos aqui foi tirada próxima ao frigorífico Anglo, em Barretos, em 1968. Já estes vagões utilizavam desde então os truques Ride Control.

Infelizmente, estes belíssimos vagões foram todos baixados, e hoje a RFFSA não mais possui frigoríficos na bitola larga.

(...)

Os vagões fechados que originaram os ICC eram os antigos FC, agora FSC. Estes são vagões box comuns da bitola de 1,00 m.

Os parentes mais próximos destes FSC são os FRC (2017 da Frateschi), cuja única diferença básica está na existência do revestimento interno. Os FSC não possuem revestimento, enquanto que os FRC são revestidos.

Ainda pertencem à mesma família, os FHC, da categoria dos graneleiros, com 5 escotilhas na capota e 4 bocas de descarga, de cada lado, sob o assoalho. Esta categoria de graneleiros leves da RFFSA é bastante popular, sendo que só na Superintendência Regional de Curitiba existem 661 vagões FHC, além das demais regionais, como Salvador, Porto Alegre, etc.

(...)

   
  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

Vagões isotérmicos
Ferreomodelismo
ICP-32 Armour | ICP-331 Armour | NoB VH-217 T. Maia | ICD Wilson Fepasa | IB Bordon / Noroeste RFFSA | ICC RFFSA Bordon | PG-20 Wilson Comabra | EFSJ
ICC no Informativo Frateschi | Decais VF-1 em 1992 | Os isotérmicos Frateschi | Frima
Protótipos
Frigorífico Continental | Frigorífico Anhanguera | Metálicos Cobrasma | Frigorífico Mouran | Frigorífico Matarazzo PR | Frigorífico Matogrossense | Cocecal Tupanciretã
Plantas
IB/IC RFFSA NoB | IC RFFSA NoB| IC Serrana Tupanciretã | IC-1400-1401 RFFSA / EFSJ | IC-1410 RFFSA / EFSJ | ICC RFFSA SR6 Porto Alegre
ICD Fepasa | ICR-359600-359622 e ICR-359764-359770 Fepasa | ICR-359700-359749 Fepasa | ICR-359750-359763 Fepasa
ID-RFFSA / EFSJ Metrop. Cammell | ID RFFSA Central Middletown | ID-1551 RFFSA Central | ID-1591-1637 RFFSA Central
Informativo Frateschi
IF-03: Planta do antigo pátio ferroviário de Ribeirão Preto | IF-04: Cabine ferroviária moderna | IF-05: Projetos de maquete
IF-06: Vagão tremonha HAF | IF-11: Ponte de madeira em cavaletes | Bitolas e escalas no ferreomodelismo
IF-14: Vagão limpa trilhos | IF-15: Bueiro com peças do portal de túnel | IF-17: Areieiro para locomotivas | Bancada de manutenção
IF-18: Estação estilo europeu | IF-20-21: Codificação dos vagões | IF-29: Maquete para iniciantes | Vagões ICC
IF-43: Trem turístico Curitiba - Lapa
Publicações da história do ferreomodelismo brasileiro
Manual Atma CA | Manual Atma CC | Sport Modelismo | EFOM | Informativo Frateschi | Apontamentos
Ferrovias para você construir | Estatutos da SBF | Catálogos Frateschi | Esporte Modelismo | Centro-Oeste
Catálogo Miniaturas Artesanais | Catálogo Model / Hobbylândia | Catálogo History | Ferrovia | Revista Ferroviária
Revista Brasileira de Ferreomodelismo | Informativo AFRJ | Escala Dupla | Escala UMM | Composição
Dormente de Ferro | Taipin | Dormente de Ferro | Trem de Ferro | SD40-2 | Jornal do Ferreomodelista
Guindastes ferroviários no Brasil | ABC do Ferreomodelismo | Como divulgar o hobby?
Publicações marcam períodos de expansão | Centro-Oeste inaugura sua tipografia eletrônica | Publicações listadas até 1991

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade