Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Escalímetro de ferreomodelismo, escalas HO e N, para impressora a laser, em "laser film"
Escalímetro de ferreomodelismo, pronto para imprimir em "laser film", em resolução de 300 dpi

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  

Byteria

   

Ferramentas para ferreomodelismo
Como fazer um Escalímetro HO / N


 
Flavio R. Cavalcanti - 13 Dez. 2010

Não existe nada mais fácil do que fazer um escalímetro. Tão simples, que nem vale a pena fazer só um. Faça logo meia dúzia em um!

  • Use AutoCAD ou qualquer software CAD 2D para traçar as várias escalas com precisão;

  • Exporte como DXF e importe no Corel Draw ou Inkscape para ajustar a espessura dos traços;

  • Exporte como GIF no tamanho adequado e use Photoshop ou Gimp para aplicar números e letras;

  • Imprima a laser em "laserfilm" (transparência);

  • Se tiver possibilidade e preferir, faça um fotolito por contato;

  • Se quiser ir mais longe, use silk-screen (ou os novos similares, via birôs de impressão) para aplicar em réguas transparentes, gabaritos de desenho etc.

AutoCAD ou qualquer CAD em 2D

Não é preciso ser expert em AutoCAD, pois basta um desenho 2D bem simples. E por ser 2D, podem ser utilizados vários outros softwares, inclusive gratuitos (Windows ou Linux).

A chave de tudo é usar o comando Array (matriz), que permite replicar uma marca inicial (traço) "n" vezes, em intervalos "x" e "y" que você determina com precisão.

Por exemplo, você cria uma reta horizontal começando em 0,0 (x,y), até 300,0 — que neste roteiro equivalem a 300 mm = 30 cm à direita (eixo x = horizontal).

  • Lembre que em AutoCAD vírgula separa argumentos. Para frações, use ponto. Não use espaço, pois em AutoCAD, Espaço = Enter.

Em seguida, trace uma pequena reta vertical, de 0,0 até 0,1 (1 mm para cima).

Escreva "Array" (= matriz), selecione o último traço ("Last"), escolha 1 linha ("rows"), 31 colunas ("columns"), distância 10, e dê Enter ou espaço. Imediatamente aparecem +30 pequenos traços verticais (além daquele escolhido), dispostos regularmente para a direita, do início até o fim da reta horizontal. O espaçamento 10 representará 10 mm, ou seja: as marcas dos centímetros.

Para as marcas dos milímetros, faça um traço vertical menor (de 0,0 até 0,0.5), use "Array" e escolha 1 linha, 301 colunas, distância 1.

Faça outra linha mais acima, de 0,50 a 300,50 e repita o processo, porém alterando os intervalos, conforme a escala desejada (1:87, 1:160 etc.). Basta fazer a conta numa planilha, que ajuda muito a montar visualmente o quadro das medidas.

Importante:

  • Não faça "arredondamentos" grosseiros, ao copiar os números da planilha para o software de CAD;

  • Deixe a própria planilha arredondar as frações após a 4ª casa decimal;

  • Certifique-se de que a planilha não use a opção "truncar" (corte sem arredondamento). Para conferir: de 0 a 4, ela deve arredondar o último dígito para baixo; e de 5 a 9, deve arredondar para cima;

  • Utilize pelo menos 3 ou 4 casas decimais (antes do arredondamento), pois ao montar uma matriz com 100 ou 200 traços, o "erro" se multiplicará na mesma proporção, 100 ou 200 vezes.

O ideal é traçar escalas aos pares — uma com as marcas para cima, outra 5 cm acima com as marcas para baixo. Deixe um pequeno intervalo e repita, com outras duas escalas.

Não é interessante utilizar a tipologia do CAD para as letras e números. Deixe como está e exporte em formato DXF.

Corel Draw ou Inkscape; e Photoshop ou Gimp

Abra o Corel Draw ou Inkscape (Linux), que são softwares de desenho vetorial, e importe o DXF, tendo o cuidado de verificar se não ocorre distorção vertical ou horizontal.

  • Uma boa precaução é "selecionar tudo" e "agrupar", para que não ocorra nenhum desarranjo no desenho, pois no processo de exportar / importar DXF é comum que uma parte dos traços venham como "objetos" independentes.

Selecione "Tudo" e aplique aos traços uma "espessura" adequada.

Selecione "Tudo" e exporte ("só o escolhido") em formato GIF, calculando o "tamanho" desejado:

  • Para o GIF no "tamanho" de 30 cm, você divide 300 (mm) por 25,4 = 11,81102 polegadas;

  • Para impressão de 11,811 polegadas em 300 dpi, você precisa que o GIF tenha 11,811 x 300 pixels = 3543,3070866 pixels;

  • (Para maior precisão, faça testes de impressão e verifique a contração do laserfilm após esfriar);

  • Abra o GIF com Photoshop ou Gimp (Linux) e faça os "textos" necessários: cada "texto" será uma "camada" (layer) independente;

  • Se preferir, rotacione agora o conjunto das réguas;

  • "Salvar como" GIF ou JPEG e transfira para o pendrive.

  • Se quiser levar em formato DOC ou PDF, certifique-se de que as medidas não foram distorcidas.

Leve a uma loja de impressão / encadernação de trabalhos de computador, e peça para imprimir numa transparência ("laser film").

É possível que a loja de impressão de trabalhos de computador não tenha esse "laser film". Procure nas melhores papelarias, ou lojas de material de informática — basta perguntar onde os escritórios se abastecem. Pode não ser uma papelaria de shopping (para "consumidores"), o importante é ser voltada para atendimento a escritórios de todos os tipos.

Um "laser film" / fotolito A4 para impressora laser permite que você faça várias réguas numa folha só. Prefira formato maior, Ofício I ou II, se encontrar. Evite o formato Carta ("Letter"), por ser mais curto.

No final, coloque o "laser film" (ou transparência, ou fotolito) sobre uma mesa com vidro, e use uma escala metálica para firmar bem, e cortar com estilete.

  • Inkscape - software para desenho vetorial
  • Gimp - software para arte-final
Escalímetro HO / N para imprimir
Escalímetros e ferreomodelismo | Faça seus escalímetros | Um escalímetro de 1992
Escalas & medidas no ferreomodelismo
Paquímetro (digital) | Escalímetro | Conversão de medidas | Pés, polegadas & cia.
Escalímetro HO / N para imprimir | Escalímetro de peso para vagões | Tabela de pesos em escala
Rodas RP-25 | Códigos dos trilhos | Gabarito Mark III | O efeito escala sobre as cores
Bitolas no ferreomodelismo | Bitolas e escalas | As escalas e suas bitolas (I)
   

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  
  

Ferreosfera

Acompanhe no FB

  

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade