Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Paisagem da maquete escala N (1:160)

Ferrovias

• Locomotiva GE U23C nº 3902 RFFSA - 8 Out. 2017

• Trem Vitória - Belo Horizonte - pontos de venda - 2 Out. 2017

• Horários do Trem Vitória - Belo Horizonte - 28 Set. 2017

• Litorinas Budd RDC no Brasil - 27 Set. 2017

• Trem das Águas - ABPF Sul de Minas - 15 Set. 2017

• Fases de pintura das locomotivas English Electric EFSJ / RFFSA - 2 Mai. 2017

• A Velha Senhora no trem da Luz a Paranapiacaba (1985) - 22 Fev. 2017

• Horários do Trem turístico S. João del Rei - 6 Dez. 2016

• Trens especiais Curitiba - Pinhais (1991) - 29 Nov. 2016

• Trem turístico a vapor Curitiba - Lapa (1986) - 26 Nov. 2016

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

  

Ferreomodelismo

• Backlight em maquetes de ferreomodelismo - 5 Nov. 2017

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

   

Maquetes de ferreomodelismo
Fazendo e aplicando pedras
(moldes de latex)


 
Antônio Marcello da Silva
Centro-Oeste n° 80 – 1° Jul. 1993

Esta é uma dica para os ferreomodelistas que costumam importar moldes de rochas dos Estados Unidos: – É muito fácil fazê-los com latex (borracha líquida).

1 – Depois de bem lavada e escovada com escova de aço ou latão – para livrá-la da areia e matéria orgânica –, a pedra é fixada numa tábua, com a parte que se quer reproduzir virada para cima. A fixação pode ser feita com massa de modelar usada em escolas, e que é vendida em blocos de 500 gramas nas casas de material artístico. A massa deve cobrir toda a parte não aproveitada, para facilitar o trabalho.

2 – A cada 24h, aplique sobre ela 1 camada fina de latex a pincel. O pincel deve ser lavado em seguida, com thinner, água e sabão, para não se perder.

3 – No sexto dia, cobre-se a camada ainda fresca com pedaços de gaze cirúrgica, e aplica-se uma nova camada, agora um pouco mais grossa, cruzando-se as pinceladas.

4 – A cada 24h, aplique nova camada por mais 3 dias. Ao final da 10ª camada, deixe o molde vulcanizar por mais 3 ou 4 dias.

5 – Depois de completamente vulcanizado, destaque o molde com cuidado. Apare as pontas da gaze. Se for guardá-lo, é bom polvilhar interna e externamente com talco.

6 – A pedra é feita com gesso estuque preparado a 1:1, que se derrama no molde; e é aplicada ainda fresca, diretamente à paisagem – também de gesso, e previamente umedecida. Para aplicar a pedra, espalma-se o molde com seu conteúdo sobre a paisagem, retirando-o somente quando a pedra tenha aderido e secado um pouco.

Pode-se fazer vários moldes ao mesmo tempo, para ir mais rápido.

Trata-se de um trabalho demorado, de modo que convém guardar os moldes. Para conservá-los, guarde-os em uma caixa de papelão cheia de bolinhas de isopor, usadas em embalagens protetoras. Assim, um molde não toca o outro, e não sofre pressões que possam danificá-lo.

Endereços

  • Comprei o isopor da Dow Chemical na Isolcamp, R. José Augusto Silva, 826, Campinas, SP, Telef.: 0192-52-3833.

  • O latex é comercializado em frascos de 1 litro, sob a marca Dulatex, por Domingos Colocca, R. Abelardo Pinto, 69, Cep 01034-030 São Paulo, SP, Telef.: 011-228-6278, que trabalha com reembolso postal.

P.S: - 19 Jul. 1993

Por um lapso deixei de dizer que Dave Frary, de quem adaptei estas dicas, recomenda pincelar cuidadosamente o original, antes da primeira camada de latex, com água "molhada" — água com algumas gotas de detergente neutro —, a fim de propiciar maior penetração da borracha de silicone e facilitar a desmoldagem (cf. How to build realistic model railroad scenary, 1ª ed., pp. 23 e seguintes).

Há mais de dois anos, por falta de bolinhas de isopor, deixei de usá-las para a armazenagem dos moldes, conforme recomendado por Frary. Mesmo assim, meus moldes não sofreram qualquer dano. O latex é muito elástico, voltando à forma antiga tão logo o molde deixe de sofrer compressão externa, mormente quanto esta é substituída pela pressão interna do mingau de gesso.

O que não esqueço nunca, é de guardar as pedras originais, para saber com exatidão qual aplicar à paixagem na ocasião oportuna.

   
  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

Moldes para ferreomodelismo
Copiando rochas da natureza | O que é e como usar borracha de silicone | Moldes de latex
Portal de túnel em resina | Pequenas peças em chumbo | Peças complexas em resina | Peças planas em Araldite
Colas & químicas
Colas no ferreomodelismo | Produto químico exige cuidados | Perigos & perigos
Estrada de Ferro Nova Neuffer
Fazendo e plantando capim | Fazendo árvores de arame ou fio elétrico | Fresando cilindros de pequeno diâmetro
Moldes de latex para copiar rochas da natureza | Molde de borracha de silicone para peças complexas em resina
Engenhocas e utensílios para a decoração da maquete | Mais lojas e materiais úteis para o hobby | Blog do Marcello
Maquetes & idéias
AMF | CMMF | SBF | EF Nova Neuffer | EF Vale do Aço | Opções & desafios
Maquete no teto | Ferreo Clube do ABC | Terceira dimensão
Maquete O / On30 para trens Lionel | EF Pireneus-Paranã | EF Paranaíba-Aragarças
Diorama | Diorama quadro a quadro
Dicas técnicas
Gabarito lateral em curva | Curvas e material rodante | AMVs e material rodante | Limpeza dos trilhos
Dicas para decoração
Relevo em gesso ou papel | Lastro para os trilhos | Construções em papel cartão | Material decorativo
Como fazer árvores | Túnel para maquete | Portal de túnel em resina
Mineração de ferro | Galpão para locomotivas
Dicas básicas
7 dicas importantes | Decálogo do ferreomodelista | Uma injeção de realismo em sua mini-ferrovia

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade