Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Buracos de acesso, embora incômodos, são necessários no centro das seções da maquete de ferreomodelismo, onde a curva dos trilhos exige maior largura
Buracos de acesso, embora incômodos, são necessários para trabalhar no centro das seções da maquete de ferreomodelismo, onde a curva dos trilhos exige maior largura
[Foto 52 - 4 Jan. 2010]

Ferrovias

• Cronologia, cidades e pátios da Ferrovia Norte-Sul - 24 Mai. 2014

• Trem das Termas - 17 Mai. 2014

• A reativação da EFMM em 1981 - 7 Abr. 2014

• A fábrica de locomotivas Villares- 6 Abr. 2014

• Locomotivas GMSA GT18MC e GT26MC Spoornet Tração - 7 Mar. 2014

• Antigos carros de madeira EFVM: AD - Administração | AI - Inquérito | AP - Pagador | AR - Restaurante Administração | ESF - Correio Bagagem Condutor | B - Primeira Classe | BR - Primeira Classe Buffet | BC - Primeira e Segunda Classe | C - Segunda Classe | R - Restaurante - 14 Fev. 2014

 • Estações ferroviárias da Linha do Centro - SR3 RFFSA em 1982 - 12 Fev. 2014

   

Maquete do Carlão | Ferreomodelismo
Montagem do "buraco da mineração"


 
Fotos e informações: Carlos A. R. Alvarenga
Texto: Flavio R. Cavalcanti

Uma vez montados os "caminhos" a serem percorridos pelos caminhões em miniatura — tanto no buraco da mineração quanto no morro que a prolonga mais ao fundo —, os espaços entre os patamares de madeira (MDF) são rapidamente preenchidos com pedaços de isopor que servirão de base para a aplicação do gesso.

O Ramiro prefere cimento puro com água, que tem um tempo de cura bem maior do que o gesso, permitindo "esculpir" com calma os detalhes do relevo.

Como o cimento já tem a cor adequada, mais tarde bastará "sujar" com algumas pinceladas em tons um pouco mais escuros, para retratar na maquete as barreiras ou paredões entre os patamares da escavação da mineração de ferro a céu aberto.

Essas cores e tonalidades, naturalmente, variam conforme o tipo de minério, ou da capa geológica que recobre o minério — no caso de existir outra camada intermediária, a ser retratada no nível inicial do "caminho", antes de atingir a camada de minério de ferro propriamente dito.

Com as devidas adaptações (cores, formatos, texturas), pode-se montar na maquete outros tipos de mineração — calcáreo (fábrica de cimento), pedreira de granito, pedreira de mármore, mineração de gipsita, ou mesmo de bauxita (veja o ciclo da Mineração Rio do Norte).

Neste caso específico, a textura aplicada pelo Ramiro sugere as estrias verticais deixadas pela escavação com pás mecânicas retroescavadeiras. Ou os veios da rocha, após sucessivas explosões de desmonte da montanha.

Observe que o cimento é aplicado com pequena sobra, acima do nível de cada patamar superior, para retratar a prática observada nas minerações de ferro.

   

Ferreomodelismo

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

• Como construí minha própria locomotiva - 28 Set. 2013

• Miniaturas realmente a vapor - 28 Set. 2013

• Despejo no Modelódromo do Ibirapuera - 20 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 96 online - 14 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 1 online - 10 Set. 2013

• Vagões prancha Phoenix (1992) - 3 Set. 2013

• Vagão madeireiro Phoenix (1991) - 3 Set. 2013

Montado o caminho desde o buraco damina até o alto do morro logo atrás, começa o enchimento das frestas do cenário da maquete com isopor, para receber a cobertura de gesso
Montado o caminho em madeira MDF desde o buraco da mina até o alto do morro, começa o enchimento das frestas do cenário da maquete com isopor,
para receber a cobertura de gesso (ou cimento) [Foto 50 - 29 Dez. 2009]
Iniciada a aplicação do gesso (ou cimento) sobre o isopor, a "mineração" da maquete começa a adquirir outro aspecto. Os vagões do trem ao fundo ajudam a perceber as dimensões do cenário
Iniciada a aplicação do gesso (ou cimento) sobre o isopor, a "mineração" da maquete começa a adquirir outro aspecto.
Os vagões do trem ao fundo ajudam a "ver" as dimensões do cenário [Foto 51a - 29 Dez. 2009]
Detalhe do preenchimento dos espaços entre as tábuas da maquete com isopor e posterior cobertura com gesso ou cimento esculpido para imitar a rocha da mina
Detalhe do preenchimento dos espaços entre as tábuas da maquete com isopor e posterior cobertura com gesso ou cimento esculpido para imitar a rocha da mina
[Foto 51b - 29 Dez. 2009]
Depois de esculpido e sujado com tons de tinta mais escura, o cimento oferece na maquete uma aparência semelhante à das rochas de uma mineração de ferro
Depois de esculpido e sujado com tons de tinta mais escura, o cimento oferece na maquete uma aparência semelhante à das rochas de uma mineração de ferro
[Foto 53 - 4 Jan. 2010]
Mineração de ferro Buracão
Localização | Carpintaria | Buraco da mina | Montanha | Túnel | Vegetação
Mineração na maquete do CMMF | Mineração na maquete da AMF | Uma entrevista com José Ramiro
Mineração de bauxita
Dicas do Carlão
Portal de túnel em resina | Gabarito de lastro | Envelhecimento com aerógrafo
Mineração de ferro Buracão | Vídeo: percorrendo a Maquete do Carlão
Maquetes & idéias
AMF | CMMF | SBF | EF Nova Neuffer | EF Vale do Aço | Opções & desafios | Maquete no teto | Ferreo Clube do ABC | Terceira dimensão
Maquete O / On30 para trens Lionel | EF Pireneus-Paranã | EF Paranaíba-Aragarças | Diorama | Diorama quadro a quadro
Dicas técnicas
Gabarito lateral dos trilhos em curva | Curvas e material rodante | AMVs ou "desvios" e material rodante | Limpeza dos trilhos
Dicas para decoração
Relevo em gesso ou papel | Lastro para os trilhos | Construções em papel cartão | Material decorativo em cidades do interior
Como fazer árvores | Um túnel para sua maquete | Portal de túnel em resina | Mineração de ferro | Galpão para locomotivas
Dicas básicas
7 dicas importantes | Decálogo do ferreomodelista | Uma injeção de realismo em sua mini-ferrovia

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade