Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

  

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

Imagem aérea de Porto Trombetas, embarque fluvial do minério trazido pela ferrovia
Vista do complexo MRN às margens do Trombetas, com o pátio ferroviário à direita e a vila em segundo plano
[Foto: João Paulo T ]

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

   

Estrada de Ferro Trombetas
Mineração Rio do Norte


 
Flavio R. Cavalcanti

A Mineração Rio do Norte foi um dos empreendimentos estatais — com ou sem participação privada, nacional ou estrangeira (o chamado "tripé") — deslanchados nos anos 70 para explorar jazidas que até então vinham sendo mantidas como reservas por empresas multinacionais.

"As primeiras ocorrências de bauxita na Amazônia, localizadas no extremo oeste do estado do Pará, foram descobertas pela Alcan na década de 60. No final de 1971, a Alcan deu início à implantação do projeto Trombetas, mas logo depois as obras foram suspensas, em função da depressão no mercado mundial do alumínio na época. Em outubro de 1972, a Companhia Vale do Rio Doce e a Alcan iniciaram entendimentos para constituir uma joint-venture, visando a retomada da implantação do projeto. Em junho de 1974, foi assinado o acordo de acionistas da Mineração Rio do Norte S.A." [Mineração Rio do Norte, julho de 2002, Fundacentro, apresentação sobre segurança no trabalho, PDF, 1,4 Mb].

Integrava um planejamento amplo, de grandes projetos, mais ou menos interligados — como as fábricas de alumina (produto intermediário) Alunorte, em Barcarena, PA; as fábricas de alumínio Alumar, em São Luís, MA, e Albrás, também em Barcarena, PA; o projeto Carajás; a usina hidrelétrica de Tucuruí etc. —, onde se misturavam objetivos econômicos e estratégicos (redução da dependência externa de energia e insumos industriais básicos, equilíbrio da balança comercial, descentralização econômica regional, estímulo à formação de um grupo de multinacionais brasileiras etc.), aproveitando um momento favorável à tomada de empréstimos estrangeiros (petrodólares) a juros inicialmente baixos (porém flutuantes).

Gilberto Santos Abrahão Júnior [Mineração Rio do Norte, julho de 2002, Fundacentro, apresentação sobre segurança no trabalho, PDF, 1,4 Mb] registrava a seguinte composição acionária na MRN: 40% da Aluvale (Vale do Rio Doce Alumínio); 14,8% da Billiton (Inglaterra); 12% da Alcan (Canadá), 10% da CBA (Brasil), 8,58% da Alcoa (EUA); 5% da Reynolds (EUA); 5% da Norsk Hydro (Inglaterra); e 4,62% da Abalco (EUA).

   

Ferreomodelismo

• Backlight em maquetes de ferreomodelismo - 5 Nov. 2017

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

  

Ferreosfera

Imagem de satélite com o traçado da ferrovia ao aproximar-se de Porto Trombetas
Instalações da MRN à margem do rio Trombetas, com o aeroporto à esquerda, sob a nuvem
Área da mineração de bauxita, na extremidade da Estrada de Ferro Trombetas
Áreas de mineração, e extremidade sul da ferrovia
[Fonte: GoogleEarth, imagens de satélite de datas e resoluções diferentes]
Estrada de Ferro Trombetas
Locomotivas | C22-7i n° 108 | C22-7i n° 109 | C22-7i n° 110 | Decalques
Girador | Vagões | Hopper | Ciclo | Carregamento | Virador de vagões | Vídeo
Mineração Rio do Norte | Porto Trombetas | Albrás-Alunorte
A cadeia produtiva do alumínio | Ferrovias da Amazônia
A cadeia produtiva do alumínio
MRN | Juruti | Paragominas | Pitinga | Albrás-Alunorte | Alumar | Tucuruí | Belo Monte | Ferrovias da Amazônia
Estradas de Ferro da Amazônia
EF Madeira-Mamoré | Fordlândia | EF de Bragança | EF Tocantins | 1912: Plano da Borracha
EF Trombetas | EF Juruti | EF Jari | EF Amapá | EF Carajás | Ferrovia Norte-Sul
A cadeia produtiva do alumínio

Busca no site
 

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

    
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade