Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Locomotiva SD38-2 número 11 a caminho do pátio de São Miguel
Locomotiva SD38-2 número 11 da Estrada de Ferro Jari a caminho do pátio de São Miguel

(*) Data

O site Centro-Oeste começou em meados de 2000, distribuído em 8 hospedagens gratuitas Geocities (US, CA, MX, BR, AR, AU, ES, UK), que deixaram de ser atualizadas em 1º Jul. 2001, quando já estava no ar o site completo, reunido em hospedagem própria.

“Ferrovias” estavam no “mx.geocities”, e não incluíam a EF Jari.

No mais antigo backup confiável do site [CD-019, 15 Jun. 2002], o artigo de Flavio de Britto Pereira já estava presente, embora com as mesmas datas de 1º Mai. 2002 [pasta] e 17~18 Mai. 2002 [páginas e fotos] de todas as demais pastas, páginas e fotos do site. Provavelmente, datas de cópia e recolocação do site [mudança de hospedagem da Loreno para Abordo].

Tempos depois, uma imprudência com o Norton Utilities + data errada no sistema fez com que milhares de arquivos no HD fossem “corrigidos”, em massa, para “12/07/2001 02:17”, sem direito a “undo”. Estas são a data e a hora, erradas, indicadas no scanner das imagens aqui reproduzidas, agora no tamanho original e sem excesso de tratamento: só “cor automática”, para filtrar o excesso de IV/UV (FRC, 12 Jun. 2015).

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

  

Trens turísticos

Trem do Corcovado
São João del Rei
Campos do Jordão
Ouro Preto - Mariana
Trem das Águas
Trem da Mantiqueira
Trem das Termas
Montanhas Capixabas
Barra do Rio Grande
Teleférico de Ubajara

Em projeto

Expresso Pai da Aviação
Trem ecoturístico da Mata Atlântica
Locomotiva Zezé Leone

Antigos trens turísticos

São Paulo - Santos
Cruzeiro - São Lourenço
Trem da Mata Atlântica
Trem dos Inconfidentes
Trem Curitiba - Lapa

Calendário 1987
VFCJ | Bitolinha | Lapa | Inconfidentes | Trem da Serra | Paranapiacaba
  

Trens de passageiros

Vitória - Belo Horizonte
São Luís - Parauapebas

Antigos trens de passageiros

Xangai
Barrinha
Expresso da Mantiqueira
Barra Mansa a Lavras
Trem de Prata
Trem Húngaro
Automotrizes Budd
Litorinas Fiat
Cruzeiro do Sul
Trem Farroupilha
Trem de aço da Paulista

Plataforma de embarque: 1995

Trens turísticos e passeios ferroviários
Trens de passageiros
Museus ferroviários
Maquetes ferroviárias
Eventos

   

Projeto Jari
Estrada de Ferro Jari


 
Flavio de Britto Pereira - 2001~2002 (*)

Destinada ao transporte de madeira dos pátios de concentração até a área industrial da fábrica, a ferrovia foi inicialmente planejada com 220 km de extensão, ocupando uma faixa de 50 metros de largura, o que representariam 110 hectares de área ocupada.

Foram planejados nove pátios de estocagem cada um com 20 hectares, o que somariam mais 180 hectares. Assim o complexo ferroviário deveria ocupar uma área de 1.300 hectares. Porém, com o andamento do projeto e suas dificuldades, estes nove pátios ficaram reduzidos a três pátios principais de final de linha, isto é, um "Y" sendo que na perna vertical, fica o pátio da fábrica na localidade de Munguba, conhecido como o pátio de Munguba e onde ficam as oficinas de reparos das locomotivas e vagões, na perna direta fica o pátio principal de Pacanari, também final de linha e finalmente na perna esquerda, o pátio de São Miguel próximo a silvivila do mesmo nome. Alem destes, existem três pátios intermediários que são os de Ponte Maria e Bananal no trajeto da fábrica para o pátio do Pacanarí, e depois da bifurcação, portanto na perna direita do "Y" e o de Tingue Lingue (pouco usado) no trajeto para o pátio de S. Miguel, perfazendo um total de seis pátios ao invés dos nove planejados. O mapa anexo pode esclarecer melhor este traçado e a posição dos pátios.

A Estrada de Ferro Jari foi construída para transportar a madeira cultivada das áreas plantadas para a fabrica de celulose e também madeira nativa de segunda qualidade resultante das áreas desmatadas para implantação da floresta cultivada, necessária para a alimentação da usina termoelétrica que gera toda a energia do projeto. Dos 220 km projetados inicialmente foram construídos apenas 68 km, em bitola de 1,60m, com tração diesel.

Locomotiva SD38-2 número 10 da Estrada de Ferro Jari na oficina
Locomotiva SD38-2 número 10 da Estrada de Ferro Jari na oficina

Para operar a ferrovia existem duas locomotivas, EMD SD38-2, numeradas 10 e 11, com cerca de 2000 HP, que foram importadas dos Estados Unidos e são responsáveis por toda a movimentação dos seus vagões tipo plataforma, em número de 86, que foram fabricados no Brasil pela Cobrasma.

Além destes equipamentos a ferrovia possui um carro de inspeção de linha, um "push car", um "motor car", um "derrick car", e os equipamentos de manutenção de linha, como espalhadores de lastro e compactadores de dormentes.

Para facilitar a carga e descarga de madeira cultivada nos pátios a ferrovia mandou construir 358 "pallets" em perfis de aço para a madeira, que são preenchidos no chão com a cultivada e carregados rapidamente nas plataformas quando o trem chega. Cada vagão carrega três pallets, que completam a capacidade do vagão que é para 100 toneladas.de peso bruto, sendo o peso de cada vagão de 31.650kg e o peso líquido transportável de 68.350 kg.(vide foto)

Para juntar a madeira nos pátios, são utilizados 340 caminhões Mercedes-Benz LAK-1313 4x4, que possuem carroceria especial denominada "Big-Stick" sendo sua carga descarregada em duas vezes por um equipamento especial de transbordo marca "Taylor" tipo empilhadeira, indo direto para o trem ou para os "pallets" já referidos (Foto 19).

No seu destino final em Munguba, estes pallets por sua vez são descarregados diretamente dos vagões por grandes carregadeiras frontais de pneus, Caterpillar 988 B (Foto 16) ou 980 B, ou pelas gigantescas Raygo Wagner L-120 (Foto 19).

Mas recentemente, uma das empresas do grupo, começou a explorar uma jazida de bauxita refratária, e para tanto alugou da Estrada de Ferro Amapá 6 vagões de minério tipo "hopper car" (Foto 21), que são puxados junto da composição de madeira a partir do pátio de São Miguel.

Para a sua operação a ferrovia dispõe de uma equipe que foi idealizada e comandada durante décadas pelo grande engenheiro ferroviário Dr. Jairo Martins, responsável pela implantação e manutenção desta ferrovia por muitos anos e também pela Estrada de Ferro Amapá, de onde veio para o Jari. Hoje com 84 anos goza de boa saúde em Campinas, onde mora e a quem recorri para algumas informações.

É a seguinte a equipe por ele diagramada:

  • Um operador de pátio ferroviário.
  • Um gerente de operações.
  • Um supervisor de operações ferroviárias
  • Um supervisor de manutenção de via (maintenance of way)
  • Um Train Master.
  • Quatro condutores de locomotiva (Locomotive Engineer)
  • Oito homens de freio (Brake man)
  • Dois encarregados de Manutenção de via.
  • Dois sub encarregados de manutenção de via.
  • Dezesseis trabalhadores braçais.
  • Um secretário.

Para o transporte desta equipe a ferrovia dispõe de um caminhão Mercedes preparado para transporte de pessoal, duas Kombis, e três pick-ups.

O pessoal de manutenção mecânica da ferrovia, pertence aos quadros da manutenção geral de veículos da empresa que na época em que foi assumida pelo grupo Azevedo Antunes, possuía 1.600 equipamentos móveis incluindo estes veículos acima enumerados, e sem contar o material ferroviário.

«» ª … •’ — “”
   

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

  

Legislação

• Estrutura da Valec - Decreto 8.134, de 28 Out. 2013

• “Open access” e atuação da Valec - Decreto 8.129, de 23 Out. 2013

• Sistema Nacional de Viação - Lei 12.379, de 6 Jan. 2011

• Aviso RFFSA - Trens turísticos - 7 Out. 1992

Moedas | Medidas
  

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

Acompanhe no FB

Trem da Estrada de Ferro Jari carregado com madeira nativa no pátio do Pacanarí aguardando locomotiva para conduzi-la à fábrica de celulose
Trem da Estrada de Ferro Jari com vagões plataforma carregados de madeira nativa no pátio do Pacanarí aguardando locomotiva
Estrada de Ferro Jari
Locomotivas SD38-2 | Vagões | Máquinas | Vídeo | Mapa
O Projeto Jari | Livros & links | Ferrovias da Amazônia

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade