Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Mapa dos trilhos da Estrada de Ferro Leopoldina por volta de 1960, com indicação das linhas erradicadas e das linhas sobreviventes na década de 1980
Mapa dos trilhos da Estrada de Ferro Leopoldina por volta de 1960, com indicação das linhas erradicadas
e das linhas sobreviventes na década de 1980

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  
  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

   

Estrada de Ferro Leopoldina
A história de três Estados
ao longo de 132 anos


 
Centro-Oeste nº 17 — Jul.-Ago. 1986

Este resumo histórico baseou-se principalmente nas publicações do Preserfe,
como o catálogo do Museu do Trem, do Engenho de Dentro (FRC, Jan. 2012)

Poucas ferrovias brasileiras apresentam um potencial tão grande de linhas, microrregiões e épocas para reprodução em escala — e ao mesmo tempo tão pouco lembradas pelos modelistas — como o aglomerado de ferrovias que em algum momento fizeram parte da Estrada de Ferro Leopoldina.

A companhia acompanhou o desenvolvimento e a decadência de uma vasta região abrangendo três Estados — Zona da Mata mineira, Espírito Santo e Rio de Janeiro, para não falar da ex-Guanabara, ex-DF.

Nasceu em 1872, por iniciativa do Imperador, na forma de uma companhia de capitais ingleses e brasileiros — Companhia Estrada de Ferro Leopoldina — para ligar Porto Novo do Cunha, sua primeira sede, próximo a Além Paraíba, às cidades de Leopoldina e Santa Rita da Meia Pataca, hoje Cataguases.

No ano seguinte, a CEFL inaugurava as três primeiras estações em São José, Pântano e Volta Grande, mas só em 1877 completou 120 km de linha, chegando a Leopoldina e a Cataguases.

Por Decreto Federal de 1889, a Cia. EF Leopoldina teve incorporadas ao seu patrimônio:

  • EF Itapemirim (Santo Eduardo a Cachoeiro do Itapemirim)
  • Central de Macaé e Glicério
  • Prolongamento de Araruama
  • Trecho de Triunfo a Manoel de Morais
  • Ramal de Sumidouro, de Melo Barreto a Sumidouro
  • Linha do Norte, de São Francisco Xavier a Entroncamento
  • Linha do Grão Pará, de Mauá a São José do Rio Preto
  • EF Cantagalo, de Niterói a Macuco
  • Linha Macaé-Campos
  • Conde de Araruama
  • Campos a São Fidélis
  • São Fidélis a Pádua
  • Pádua a Miracema
  • Campos a São Sebastião
  • Linha de Carangola
  • Porto Novo do Cunha a Saúde
  • Ramal de Pirapetinga
  • Ramal do Alto Muriaé
  • Patrocínio a São Paulo de Muriaé
  • Leopoldina a Vista Alegre
  • União Mineira
  • Ramal de Rio Novo
  • Ramal do Pomba
  • Ramal do Paraoquena

A compra de várias linhas a preços absurdos, a multiplicidade de bitolas e a má administração levaram a CEFL à liquidação em 1897. No ano seguinte nova empresa foi organizada em Londres, The Leopoldina Railway, para assumir os mais de 2.100 km de linhas já incorporadas à ferrovia.

Em 1907, a Leopoldina adquiriu a EF Sul do Espírito Santo e a EF Caravelas, do sul da Bahia a Araçuaí (MG). Em 1926, por pressão do governo, finalmente inaugurou a estação definitiva da empresa no Rio de Janeiro, o edifício Barão de Mauá.

Em 1950 a companhia foi encampada por Lei, passando ao Ministério da Viação e Obras Públicas com o nome de Estrada de Ferro Leopoldina, e em 1957 integrou a RFFSA, em criação.

A decadência da região da Leopoldina começou com o início do ciclo do café em São Paulo e acentuou-se após a Abolição. O desenvolvimento da cana-de-açúcar em São Paulo acelerou também a decadência econômica do Norte Fluminense e de Campos. Leite, sal (região dos lagos), banha, charque, banana compunham algumas das mercadorias incríveis transportadas à época.

Além das oficinas de Porto Novo do Cunha, ampliadas em 1880, a Leopoldina tinha em 1952 seis oficinas em Alto da Serra, Imbetiba, Cachoeiras do Macacu, Bicas, Niterói e Barão de Mauá (Rio), além de 21 depósitos de locomotivas, o mais importante em Campos (RJ). O relatório desse ano indica que foram reparados 3.353 vagões, 441 carros e várias locomotivas.

Entre as linhas da EFL, estava a mais antiga do Brasil, de Guia de Pacobaíba, ao fundo da baía da Guanabara, até a raiz da serra de Petrópolis — a EF Mauá de 1854.

Quase 2.000 km de linhas foram desativadas. Nos restantes 1.469 km a Divisão Operacional de Campos (CSP-3) transporta derivados de petróleo (Duque de Caxias a Macaé e Campos), produtos siderúrgicos (Vitória a Volta Redonda; Minas ao Rio), cimento (Minas-Rio), açúcar e álcool (Campos ao Rio), calcário (Cachoeiro a Vitória) e equipamentos para exploração de petróleo na plataforma marítima de Campos.

Estrada de Ferro Leopoldina
Retrilhando a Leopoldina” | Montanhas Capixabas | Memórias da Leopoldina | Histórico & mapa
A serra das Garrat (I) | E por falar na serra de Friburgo... (II)
A serra das Garrat (III) | A serra das Garrat (IV)
As experiências da Leopoldina | As experiências da Leopoldina (II)
DH Esslingen | Artilharia ferroviária | Ferreosfera
Estações em 1960 | Trechos abertos até 1944
Mapas
1991 | 1984 | 1970 | 1965 | 1954 | 1927 | 1907| 1898
Carregamento de pó de mármore | Caboose
Vagões em Porto Novo | Patrimônio histórico: opção de futuro
   

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• Estação Pirajá completa a Linha 1 do Metrô de Salvador - 28 Nov. 2015

• Metrô DF direciona 2/3 dos trens para a Ceilândia - 27 Ago. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

Programação de Corpus Christi nos trens turísticos da ABPF Sul de Minas - 25 Mai. 2015

Passagens do trem para Vitória esgotam-se 15 dias antes do feriado - 22 Mar. 2015

Acompanhe no FB


Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade