Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Sistema Ferroviário do Brasil - 1982 (SFB 82)

Introdução
Informações gerais
Informações sobre os serviços das empresas
Abreviaturas e siglas usadas
RFFSA
 • SR-1 Recife
  • CSP-1 São Luís
  • SP-1.1 Fortaleza
  • SP-1.2 Recife
 • SR-2 Belo Horizonte
  • Linha a Brasília
   • Variante Calafate a Eldorado
   • Ramal de Bom Despacho
   • Ramal de Monte Carmelo
   • Ramal de Arafértil
   • Ramal de Catalão
   • Ramal de Goiânia
    • Sub Ramal de Engº Castilho
 • SR-3 Rio de Janeiro
  • Linha do Centro
Fepasa
  • UR3
  • UR5
  • UR7
EF Campos do Jordão

  

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

   

Sistema Ferroviário do Brasil - 1982
Informações gerais


 
Sistema Ferroviário do Brasil - 1982
RFFSA - Dep. Geral de Estatística

a) Esclarecimentos

Estação
  

A palavra "estação" foi usada, genericamente, para designar toda e qualquer dependência ferroviária onde podem ser processadas as operações de embarque ou desembarque de passageiros, emissão de documentos de transporte, aceitação ou entrega de cargas em geral ou que apenas atenda ao serviço da Ferrovia. Estão indicadas as paradas, abrigos, estribos e os pontos (telegráficos, telefônicos, de cruzamento e de sinalização) por letras entre parênteses.
 

Número de ordem
 

Indica a posição da estação na ordem de sucessão nas linhas das Unidades Operacionais de cada Empresa.
 

Letras entre parênteses
 

(PE) - Parada, Abrigo ou Estribo - a estação assinalada com esta sigla, como norma geral, não recebe nem efetua despachos de qualquer natureza, funcionam apenas como ponto de embarque e desembarque de passageiros.

(PT), (PF), (PC) e (PS) - A estação assinalada com qualquer uma destas siglas normalmente não funciona para despachos ou para serviço de passageiros.
 

Regime Especial de Funcionamento
 

As exceções às definições acima estão caracterizadas por indicação numérica, nas tabelas de n° 2, e o seu significado encontra-se nas tabelas de n° 3. Não havendo qualquer Indicação ao lado do nome, significa que a estação funciona para todos os serviços normais da empresa a que pertence.
 

Pontos de ligação
 

As estações que funcionam como ponto de ligação (entroncamento) entre as empresas, unidades operacionais ou ainda entre a linha tronco e o ramal estão indicadas em maiúsculas tipo negrito.
 

b) Significado das tabelas

Tabela 1 - Localização das Estações - encontram-se as seguintes informações relativas a cada Empresa:

a) Relação dos lugares servidos pela Empresa (estação), na ordem de sucessão nas linhas (número de ordem), com destaque dos pontos de entroncamento (internos ou de ligação com outras Empresas) e a medida da bitola;

b) Distância de cada localidade ao ponto inicial da linha, em quilômetros;

c) Altitude, em metros;

d) Data da inauguração;

e) Município e Unidade da Federação.

Tabela 2 - Relação Alfabética - encontram-se ordenados os nomes das estações seguidas dos indicativos do regime de funcionamento, códigos, as siglas da Empresa e da unidade operacional e o respectivo número de ordem.

Tabela 3 - Indícativo - são fornecidos os pormenores explicativos sobre os Regimes Especiais de Funcionamento.

Tabela 4 - Ordem Numérica - são apresentadas as estações pela seqüencial de seus códigos e prefixos correspondentes.

   

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

Acompanhe no FB

Estações ferroviárias em 1960
Norte
EFMM | EF Tocantins | EF de Bragança
Nordeste
EFSLT | EF Central do Piauí | RVC | EF Mossoró | EF Mossoró-Souza | EF Sampaio Correia | RFN
Leste
VFFLB | EF Nazaré | EF Ilhéus | EF Bahia e Minas
Sudeste
EFVM | EF Leopoldina | EF Maricá | EFCB | EFCJ | RMV | CMEF | EFS | CPEF | EF Araraquara
Sul
RVPSC | EF Central do Paraná | EF Santa Catarina | EFDTC | VFRGS (1930)
Centro-Oeste
EFG | EF NoB
Ferrovias e articulações | Nomes anteriores, incorporação
Pátios e estações ferroviárias
Bauru | Porto Novo | Brasília | Ribeirão Preto | Uvaranas | Angra dos Reis | Calçada
Bananal | Ituanas | Contestado | Porto Velho | Alagoinhas | Queimadas | Aramari
Pau Lavrado | Fortaleza | Sobral | Sarzedo | Pires do Rio | São Carlos | Santa Maria
Lucélia | Inúbia Paulista | Adamantina | Osvaldo Cruz | São José dos Campos
Cachoeiro de Itapemirim | Triângulo | Itabaiana | Teresina | Rio Grande

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade