Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Ferreofotos

• Alco RSD8 Fepasa - 29 Fev. 2016

• G12 200 Acesita - 22 Fev. 2016

• “Híbrida” GE244 RVPSC - 21 Fev. 2016

• U23C modernizadas C30-7MP - 17 Fev. 2016

• C36ME MRS | em BH | Ferronorte - 14 Fev. 2016

• Carregamento de blocos de granito na SR6 RFFSA (1994) - 7 Fev. 2016

• G12 4103-6N SR6 RFFSA - 6 Fev. 2016

• Toshiba nº 14 DNPVN em Rio Grande - 25 Jan. 2016

• Encarrilamento dos trens do Metrô de Salvador (2010) - 14 Nov. 2015

• Incêndio de vagões tanque em Mogi Mirim (1991) - 9 Nov. 2015

• Trem Húngaro nas oficinas RFFSA Porto Alegre (~1976) - 21 Out. 2015

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

   

Indústria Ferroviária
Planejamento: a CCPCL
Comissão Coordenadora da Política de Compra de Locomotivas


 
Flavio R. Cavalcanti - Abr. 2014

As fábricas de locomotivas “Equipamentos Villares” e Emaq surgiram da segunda experiência brasileira de planejamento econômico, o II PND - Plano Nacional de Desenvolvimento, que vigorou durante o governo Geisel, de 1974 a 1979, e que ficou sem sequência nos governos seguintes, — em parte, pelas dificuldades de crédito internacional que o país enfrentou ao longo da década de 1980, favorecendo a ascensão de representantes de setores tendentes à adoção de políticas prioritariamente monetaristas.

Pelo Decreto nº 76.075, de 31 de Julho de 1975, foi criada, junto ao Ministério dos Transportes, a Comissão Coordenadora da Política de Compra de Locomotivas (CCPCL), com a finalidade de orientar e ordenar e demanda de locomotivas no País, e seu atendimento interno, com graus crescentes de nacionalização de partes e componentes.

Formada pelos ministros dos Transportes, Indústria e Comércio, Fazenda, e Planejamento, reunia as condições para avaliar a demanda por locomotivas, estabelecer o número de indústrias considerado adequado, selecionar os melhores projetos de fábricas, estabelecer etapas crescentes de nacionalização de peças e componentes, e administrar os incentivos à sua implantação e as barreiras à importação, capazes de assegurar a realização dos objetivos fixados.

Era um formato típico do período, mas talvez tenha dado melhores resultados em áreas com demanda mais pulverizada entre empresas privadas, de algum modo capazes de sobreviver a decisões de governo — o que não era o caso das locomotivas, cuja demanda dependia, basicamente, de três ferrovias estatais, fortemente sujeitas a cortes de orçamento no cenário que se seguiu, de estrangulamento de crédito externo e políticas internas de “ajuste”.

As principais estatais ferroviárias — RFFSA e Fepasa — entraram em rápida deterioração, ao longo da década de 1980, praticamente cessando suas encomendas, enquanto se elevava a taxa de imobilização de suas velhas locomotivas.

Outras duas ferrovias estatais — EFVM e EF Carajás — gozavam da considerável força política da CVRD — cujas exportações eram fundamentais para as contas externas do Brasil — e mantinham seus acordos internacionais, de reciprocidade de importação em um percentual das vendas feitas a países do Leste Europeu. Não podiam ser forçadas a deixar de comprar vagões e carros da Romênia, por exemplo — por mais que a indústria nacional sufocasse com falta de encomendas.

Outras prioridades também se impunham acima da “política de compra de locomotivas”, — mesmo antes da troca de guarda no início do governo Figueiredo (1979-1985). Antes de mais nada, o financiamento do próprio II PND — com empréstimos externos, a serem obtidos em ritmo alucinante.

Assim é, que a Ferrovia do Aço — lançada ainda no início do governo Geisel — incorporava empréstimos europeus que condicionavam a encomenda das locomotivas e demais equipamentos elétricos e de sinalização no exterior.

O mesmo aconteceu com o plano da Fepasa — cujo contrato, assinado no final de 1976, incorporava empréstimos europeus que condicionavam a encomenda das locomotivas e demais equipamentos elétricos e de sinalização no exterior.

Nenhum dos dois chegou a se concretizar, — exceto pela conclusão de uma Ferrovia do Aço “simplificada”, movida a diesel, muito tempo depois, — mais endividaram ainda mais as duas ferrovias, o que contribuiria ainda mais para asfixiar a possibilidade de encomendas à indústria nacional na década de 1980.

Cabe lembrar que, além das 2 novas fábricas, — da Villares e da Emaq, — o programa do governo também “selecionou” a fábrica da GE, já existente em Campinas desde ..., e que para isso submeteu plano de adequação aos novos parâmetros.

Fontes sugeridas

  • Experiência histórica de política industrial no Brasil”. Wilson Suzigan. Revista de Economia Política, vol. 16, nº 1 (61), Jan./Mar. 1996.
  • Dívida externa brasileira”. Ceres Aires Cerqueira. 2ª edição (revista e ampliada). Banco Central do Brasil, Brasília, 2003.
  • A ditadura dos cartéis”. Kurt Mirow. Ed. Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1978, p. 90-92.
«» ª … • — “”
Indústria ferroviária
Produção 1971-2014 | Indústrias em 1988 | Produtos em 1988
GE Brasil | GM no Brasil | Villares | Emaq | CCPCL
Fabricantes de Vagões
Amsted-Maxion | CCC | Cobrasma | EMEM-Convap | Engesa-FNV | FNV | Iesa | Mafersa
Randon | Santa Fé | Santa Matilde | Soma | Usiminas Mecânica
Fabricantes de AMVs
Cobrasma | Jaraguá | Premesa
Machado de Assis na Administração Pública
O “Estado mínimo” imperial | Agricultura, o “novo” Ministério
O ciclo revolucionário do Ministério da Viação | Fim do MVOP | CCPCL
Ministérios - estrutura do Executivo
Brasil Colônia | Reino Unido | Regência D. Pedro | Início do Império | Final do 2º reinado
Início da República | Nilo Peçanha | Governo Provisório de Vargas | Estado Novo | 2º governo Vargas
Parlamentarismo - João Goulart | Constituição de 1967 | Reforma do governo Geisel
   

Bibliografia
braziliana

Grande sertão: veredas - 29 Out. 2014

Itinerário de Riobaldo Tatarana - 27 Out. 2014

Notícia geral da capitania de Goiás em 1783 - 26 Out. 2014

Viagem pela Estrada Real dos Goyazes - 9 Out. 2014

Alexandre de Gusmão e o Tratado de Madrid - 3 Out. 2013

  

Bibliografia
braziliense

Conterrâneos Velhos de Guerra - roteiro e crítica - 7 Nov. 2014

Como se faz um presidente: a campanha de JK - 21 Ago. 2014

Brasília: o mito na trajetória da Nação - 9 Ago. 2014

Luiz Cruls: o homem que marcou o lugar - 30 Jul. 2014

Quanto custou Brasília - 25 Set. 2013

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

Acompanhe no FB

  

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade