Página inicial do site Centro-Oeste
Página inicial da seção Ferrovias do Brasil
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

Ferreomodelismo

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

• Como construí minha própria locomotiva - 28 Set. 2013

• Miniaturas realmente a vapor - 28 Set. 2013

• Despejo no Modelódromo do Ibirapuera - 20 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 96 online - 14 Set. 2013

• Revista Centro-Oeste nº 1 online - 10 Set. 2013

• Vagões prancha Phoenix (1992) - 3 Set. 2013

• Vagão madeireiro Phoenix (1991) - 3 Set. 2013

  

Ferrovias

• A “mancha ferroviária” em Santa Maria (RS), 1966 - 12 Nov. 2014

• Traçados antigos e atuais da ferrovia em Santa Maria (RS) - 3 Nov. 2014

• Cronologia, cidades e pátios da Ferrovia Norte-Sul - 24 Mai. 2014

• Trem das Termas - 17 Mai. 2014

• A reativação da EFMM em 1981 - 7 Abr. 2014

• A fábrica de locomotivas Villares- 6 Abr. 2014

• Locomotivas GMSA GT18MC e GT26MC Spoornet Tração - 7 Mar. 2014

• Antigos carros de madeira EFVM: AD - Administração | AI - Inquérito | AP - Pagador | AR - Restaurante Administração | ESF - Correio Bagagem Condutor | B - Primeira Classe | BR - Primeira Classe Buffet | BC - Primeira e Segunda Classe | C - Segunda Classe | R - Restaurante - 14 Fev. 2014

  

Ferrovias

• A “mancha ferroviária” em Santa Maria (RS), 1966 - 12 Nov. 2014

• Traçados antigos e atuais da ferrovia em Santa Maria (RS) - 3 Nov. 2014

• Cronologia, cidades e pátios da Ferrovia Norte-Sul - 24 Mai. 2014

• Trem das Termas - 17 Mai. 2014

• A reativação da EFMM em 1981 - 7 Abr. 2014

• A fábrica de locomotivas Villares- 6 Abr. 2014

• Locomotivas GMSA GT18MC e GT26MC Spoornet Tração - 7 Mar. 2014

• Antigos carros de madeira EFVM: AD - Administração | AI - Inquérito | AP - Pagador | AR - Restaurante Administração | ESF - Correio Bagagem Condutor | B - Primeira Classe | BR - Primeira Classe Buffet | BC - Primeira e Segunda Classe | C - Segunda Classe | R - Restaurante - 14 Fev. 2014

   

Como construir um compressor caseiro
Material


 
César Siqueira Prados
  1. Reservatório de ar de freio de caminhão
  2. Compressor de geladeira
  3. Presostato
  4. Regulador de pressão com filtro de ar (saída)
  5. Válvula de segurança
  6. Manômetro de 100 ou 150 PSI
  7. Filtro de ar (entrada)
  8. Cabo de força de 20 Ampères
  9. Torneira para drenar água
  10. Miscelânea - Solda, 50 cm de tubos de cobre, conexões de latão, zarcão, esmalte sintético, fita veda rosca.

O reservatório de ar de freio de caminhão funcionará como pulmão do compressor, ou seja vai armazenar o ar, estabilizando a saída, permitindo com que o motor funcione ciclicamente e ainda permite que se termine um trabalho caso falte energia elétrica. Aconselho que tenha volume entre 20 e 30 litros. Pode ser adquirido em ferro-velho que trabalhe com peças de caminhão, desde que em bom estado. Verifique se não esta muito oxidado e adquira apenas os modelos que trabalhem com alta pressão (mais de 90 PSI). De preferencia aos que possuem muitas saídas de ar, isso facilitará a montagem diminuindo as conexões.

Compressor, coração do sistema, não é necessário um novo, adquira um recondicionado em lojas confiáveis e teste para certificar-se de que consiga "dar partida" sob 80 PSI de pressão. Aconselho os modelos de 1/4 de HP. Não se esqueça de que é necessário um relê apropriado para permitir a partida. Verifique a ligação, com o vendedor pois é especifica para cada modelo.

Presostato é um equipamento que faz a automação do compressor, ou seja depois de regulado ligará o motor quando a pressão atingir 65 PSI e desligará quando atingir 80 PSI. Pode-se adquiri-lo em lojas especializadas em compressores, o modelo mais simples basta. Não se deixe levar pela conversa do vendedor.

Regulador de pressão com filtro de ar é um equipamento que vai dar segurança e precisão a pintura pois mesmos nos dias mais úmidos retirará 99% da umidade. Existem muitos modelos e aconselho a dar preferencia ao modelo de duas saídas. O modelo mais comum nacional é muito bom, mas atenção a diferença de preços entre lojas. De preferencia a modelos pequenos nacionais pois caso necessário substituir o filtro algum dia não deverá ter problemas. Não é um equipamento muito difícil de se encontrar, podendo faze-lo em lojas especializadas em compressores ou ferramentas em geral. Válvula de segurança é uma peça barata e insubstituível. Não se deixe levar pela tentação de não usa-la. Adquira em lojas especializadas em compressores.

Manômetro é um instrumento de medida de pressão. Pode-se encontrar em lojas especializadas e em lojas de ferramentas. De preferencia a modelos de 100 PSI pois se a pressão máxima de trabalho será de 80 PSI, o manômetro de 100 PSI dará uma leitura mais precisa.

Filtro de ar (entrada) - Peça fácil de ser confeccionada, mas pode também ser adquirida. Trata-se apenas de um recipiente onde se coloca algodão com o objetivo de não permitir a entrada de partículas sólidas no motor.

Cabo de força de 20 Ampères - Fio de ligação de 127 Volts ou 220 Volts. Aconselho os modelos já prontos, pois são muito mais seguros. Não abra mão da capacidade de corrente para que não trabalhe quente.

Solda vai servir obviamente para soldar os tubos de cobres que farão a ligação entre compressor- pulmão. Branca já serve mas atenção para o ferro de solda utilizado pois deverá ter no mínimo 150 Watts para uma perfeita fusão.

Tubos de cobre vão ser utilizados para fazer a ligação compressor-pulmão. Adquira com um diâmetro superior ao do motor , para que não seja comprometido o fluxo de ar.

Conexões serão utilizadas para unir os componentes e não é possível aqui descreve-las pois dependerá dos componentes adquiridos. Apenas leve em conta que deve-se utilizar conexões de mesma liga pois ligas diferentes possuem potenciais elétricos diferentes o que induz a oxidação das mesmas. Aconselho latão.

Zarcão e esmalte sintético serão utilizados para dar uma acabamento no reservatório (pulmão), caso tenha sido adquirido de ferro-velho. Siga as instruções nas embalagens e utilize a cor de preferencia. Use se possível revolver de pintura, se não for possível um pequeno rolo de pintura de espuma mas não um pincel pois o acabamento é inferior. Fita veda rosca será utilizada para envolver as roscas das conexões afim de não permitir o vazamento de ar. Qualquer supermercado tem.

Como construir um compressor caseiro
Material | Construção | Fotos do compressor | Problemas do ar

Esta matéria foi obtida por Eduardo Campanhã no forum Webkits e divulgada nos grupos Amola, Ferrovia Global e Trens, com as informações acima. Graças a estas informações, foi possível contatar os autores César Prados e Arnaldo Renz Jr., que autorizaram a publicação também no site VFCO. César Prado adianta que pretende disponibilizar novamente seu site, no mesmo endereço.

Webkits – Excelente grupo de discussão on-line, abrangendo todos os hobbies (inclusive ficção científica), com ótimas listas de links para publicações, fabricantes, revendedores etc. Escolhe-se um hobby, dentro do hobby um tema, e ali se lêem as mensagens, podendo-se acrescentar respostas. A qualquer momento, pode-se ir para outro tema, outro hobby etc. Totalmente fora do esquema tradicional dos Yahoo!Grupos, e sem avalanche de mensagens para a sua caixa postal.


Ferramentas & técnicas de pintura
Cabine para pintura | Fazendo tintas | Agitador de tintas | Preparação para pintura
Cores & distância | O ABC dos decais | Envelhecimento com giz pastel | Envelhecimento com aerógrafo
Bomba de Flit | A velha bomba de Flit | Fole de joalheiro | Compressor caseiro
Colas & químicas
Colas no ferreomodelismo | Produto químico exige cuidados | Perigos & perigos
   

Ferreofotos

• Canhão ferroviário e vagão-peça - 26 Out. 2013

• Locomotiva RS3 da EFCB / RFFSA - 25 Out. 2013

• U22C | MX620 | G8 BB | GL8 | U5B - 22 Out. 2013

• As locomotivas MX620 - 22 Out. 2013

• O desfile da locomotiva Baronesa na Av. Rio Branco, em 1934 - 16 Out. 2013

• As locomotivas suecas da EF Rio do Ouro - 13 Out. 2013

• Locomotivas U20C “Namibianas” em operação na FCA - 23 Set. 2013

• Apresentação da última pintura Fepasa em 1995 - 18 Set. 2013

• Apresentação da locomotiva “Tentugal” em 1995 - 14 Set. 2013

• A viagem da “Baratinha” n° 502 em 1995 - 13 Set. 2013

  

Acompanhe no FB


Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade