Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
Na página 8 do catálogo da Miniaturas Artesanais, vários itens como grama, solos, pedras, papéis microondulados e massa para relevo em maquetes de ferreomodelismo

Para uma história do ferreomodelismo no Brasil
Grama, solo etc. para maquetes
no Catálogo 1985 da Miniaturas Artesanais


 

Os "solos", "gramas", "pedras", "minérios" da Miniaturas Artesanais foram, durante vários anos, um recurso indispensável para a confecção do relevo e a decoração das maquetes dos ferreomodelistas.

O "enxofre", o "carvão" e o "minério de ferro", por exemplo, colados numa fina camada sobre uma peça de isopor, formava facilmente uma "carga" para vagões gôndola ou tremonha, melhorando o realismo da mini ferrovia. No entanto, também podiam ser misturados com as "pedras" de outras cores, para variar o aspecto do lastro nos trilhos da via férrea.

Os papéis microondulados permitiam ao ferreomodelista fazer construções adicionais para decorar a maquete.

  
O catálogo da Miniaturas Artesanais - 1985
Orientação ao ferreomodelista | Escalas no ferreomodelismo | Grama, pedras, massa para o relevo
Árvores e arbustos para o cenário | Postes e automóveis para maquete | Estruturas para maquete | Construções decorativas
Miniaturas Artesanais
Porta com postigo | Porta com postigo e frontão | Porta maciça | Janelas
Cerca para jardim | Escada externa para sobrado | Portões de garagem | Portão duplo de ferro batido
As "estruturas" injetadas em plástico | Catálogo 1985 | No catálogo Centro-Oeste 1987 | O fim dos moldes (1988)
Marcas da história do ferreomodelismo brasileiro
Metalma | Erka | A bitola O brasileira | Estrela | Atma | Frateschi | Pioneer | Modeltrem / Hobbylândia | Miniaturas Artesanais
MR Custom | LAF | Phoenix | GM Paint | Minitec | Herpa | MRZ Decais | Pinto Family | Decais do Carlão | Hobbytec
Produtores em atividade | Lojas e serviços
Para uma história do ferreomodelismo no Brasil
Pré-História & Priscas Eras | Cronologia 1945-1965 | Cronologia 1965-1969 | Acréscimos & correções
Pioneiro vendeu tudo para se estabelecer | Fiz minha primeira locomotiva sem saber que era "HO"
A bitola O brasileira | "Você é europeu ou americano?" | Brinquedos Frateschi | Ferreomodelismo Frateschi
Afinal, quem somos nós, os ferreomodelistas? | Publicações marcam períodos de expansão
Publicações da história do ferreomodelismo brasileiro
Manual Atma CA | Manual Atma CC | Sport Modelismo | EFOM | Informativo Frateschi | Apontamentos
Ferrovias para você construir | Estatutos da SBF | Catálogos Frateschi | Esporte Modelismo | Centro-Oeste
Catálogo Miniaturas Artesanais | Catálogo Model / Hobbylândia | Catálogo History | Ferrovia | Revista Ferroviária
Revista Brasileira de Ferreomodelismo | Informativo AFRJ | Escala Dupla | Escala UMM | Composição
Dormente de Ferro | Taipin | Dormente de Ferro | Trem de Ferro | SD40-2 | Jornal do Ferreomodelista
Guindastes ferroviários no Brasil | ABC do Ferreomodelismo | Como divulgar o hobby?
Publicações marcam períodos de expansão | Centro-Oeste inaugura sua tipografia eletrônica | Publicações listadas até 1991

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade