Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
  

   

EFMM - Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Governador visita a Madeira-Mamoré


 
Alto Madeira, 24-Mar-1995
CO-95 – 1° Mai. 1995

A recuperação de trechos da EF Madeira-Mamoré será retomada num esforço conjunto do governo do Estado, e da Associação de Preservação do Patrimônio Histórico de Rondônia e Amigos da Madeira-Mamoré.

Ontem pela manhã, o governador Valdir Raupp e o vice-governador Aparício Carvalho visitaram o complexo da estação, oficina, galpões e rotunda da ferrovia, onde foram recebidos por diretores e membros da associação.

O presidente da entidade, arquiteto Luiz Leite, fez várias observações e chegou a denunciar uma "lavagem de dinheiro" com os recursos que foram liberados durante o governo passado e que deveriam ser investidos na recuperação do patrimônio da EFMM.

Uma das primeiras irregularidades mostradas pelo arquiteto foi a cobertura dos galpões e da oficina. Segundo ele, ao invés de recuperar todos os galpões, uns foram destelhados para completar a cobertura de outros.

A oficina, que na opinião de Luiz Leite deveria ser a prioridade em qualquer projeto que se proponha a recuperar a ferrovia, não foi beneficiada por nenhum tipo de obra.

"É um exemplo do descaso. Essa oficina é praticamente uma fábrica de locomotivas", chamou atenção Luiz Leite.

Reclamou que "o dinheiro necessário para a recuperação da EFMM veio de Brasília, mas serviu de lavagem. Alguém ficou com o dinheiro, e a Madeira-Mamoré só serviu de justificativa para obtê-lo".

O governador recebeu um manifesto da Associação dos Amigos da Madeira-Mamoré, que sugere medidas definidas, que vão desde a desvinculação da EFMM da Fundação Cultura (Funcer), à recuperação gradual da estrada até, pelo menos, Jacy-Paranã (ver resumo a lado).

Valdir Raupp manifestou sua preocupação quanto à obtenção de recursos para as obras necessárias, mas assegurou que lutará, em Brasília, "para recuperar o que for possível".

   

Ferrovias

• GE U23C nº 3902 RFFSA - 8 Out. 2017

• Litorinas Budd RDC no Brasil - 27 Set. 2017

• Fases de pintura das English Electric EFSJ / RFFSA - 2 Mai. 2017

• A Velha Senhora no trem da Luz a Paranapiacaba (1985) - 22 Fev. 2017

• Trens especiais Curitiba - Pinhais (1991) - 29 Nov. 2016

  

Ferreosfera

Memória das lutas pela EFMM
1985 - Exposição sobre a EF Madeira-Mamoré | 1987 - Conheça a EF Madeira-Mamoré
1987 - Best-seller ajuda a reconstituir a época | 1991 a 1995 - Quadro de Avisos | 1992Apontado "golpe da reativação"
1992 - Comissão Geral EF Madeira-Mamoré | 1992 - Visita à EF Madeira-Mamoré | 1992 - A luta pela EF Madeira-Mamoré
1993 - MIS lança álbum da EF Madeira-Mamoré | 1993 - Madeira-Mamoré reabre este mês
1995 - Governador visita a EF Madeira-Mamoré | 1995 - Linhas de ação para reativar a estrada
1995 - Ferrovia volta a ter esperanças | 2001 - Seminário Internacional EFMM
Estrada de Ferro Madeira-Mamoré - EFMM
Cronologia | Tratado de Petrópolis | Fotos da construção | Panorâmica de Porto Velho
A Ferrovia do Diabo | Álbum do MIS | Documentação X destruição | Fotos de 1983
Mapas: 1970 | 1969 | 1965 | 1954 | Estações em 1960 | Abertura dos trilhos | 1910 | 1907
Acervo do Museu | Ferrovias da Amazônia

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade