Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
 

Bibliografia

• A Gretoeste: a história da rede ferroviária GWBR - 25 Abr. 2016

• Índice das revistas Centro-Oeste (1984-1995) - 13 Set. 2015

• Tudo é passageiro - 16 Jul. 2015

• The tramways of Brazil - 22 Mar. 2015

• História do transporte urbano no Brasil - 19 Mar. 2015

• Regulamento de Circulação de Trens da CPEF (1951) - 14 Jan. 2015

• Batalhão Mauá: uma história de grandes feitos - 1º Dez. 2014

• Caminhos de ferro do Rio Grande do Sul - 20 Nov. 2014

• A Era Diesel na EF Central do Brasil - 13 Mar. 2014

• Guia Geral das Estradas de Ferro - 1960 - 13 Fev. 2014

• Sistema ferroviário do Brasil - 1982 - 12 Fev. 2014

  

Bibliografia
braziliana

Grande sertão: veredas - 29 Out. 2014

Itinerário de Riobaldo Tatarana - 27 Out. 2014

Notícia geral da capitania de Goiás em 1783 - 26 Out. 2014

Viagem pela Estrada Real dos Goyazes - 9 Out. 2014

Alexandre de Gusmão e o Tratado de Madrid - 3 Out. 2013

  

Ferreoclipping

• Livro sobre a GWBR em João Pessoa e Recife - 12 Mai. 2016

• Museu Ferroviário de Natal - 25 Abr. 2016

• Passagens e calendário do trem turístico Ouro Preto - Mariana | Percurso - 20 Dez. 2015

• Passagens e descontos do Trem do Corcovado | Onde comprar - 12 Dez. 2015

• EF Campos do Jordão | Horários | Hospedagem - 15 Jul. 2015

   

Estrada de Ferro Madeira - Mamoré
A Ferrovia do Diabo
História de uma estrada de ferro na Amazônia


 
Flavio R. Cavalcanti

“A ferrovia do diabo”
Manoel Rodrigues Ferreira, 1960
Ed. Melhoramentos, 1960; 1981; 2005

Livro que “redescobriu” (em 1960) e salvou da destruição total (em 1971) a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e sua documentação.

A “redescoberta” da ferrovia, esquecida do resto do País, começou em 1956, quando Manoel Rodrigues Ferreira recebeu uma série de fotos tiradas no início do século (1907-1912) pelo norte-americano Dana Merril — fotógrafo oficial do trust Farquhar durante a construção.

Das mais de 2 mil chapas fotográficas em vidro (tecnologia da época), e localizadas num barraco no interior de São Paulo, puderam ser salvas apenas as 200, que o autor guardou. As outras foram jogadas fora pelo detentor do acervo, antes do tombamento, que só veio a ocorrer na década de 1980.

   
Capa da edição de 1981 do livro "A ferrovia do diabo", sobre a Estrada de  Ferro Madeira-Mamoré
Capa da 2ª edição (1981) do livro
“A ferrovia do diabo”, sobre a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré

De posse dos negativos em vidro, Manoel Rodrigues Ferreira publicou uma série de 15 reportagens no jornal paulistano “A Gazeta”, em 1957, após 3 meses pesquisando o que pôde encontrar sobre a história da EFMM em São Paulo.

Ao reescrever o material para editar o livro, em 1960, imaginou o título — que só então passou a ser o apelido da ferrovia.

Em meados de 1971, Manoel Rodrigues Ferreira foi procurado por um “fã” interessado em obter um exemplar do livro, esgotado havia anos. O “fã” era nada menos que o camioneiro vencedor de uma licitação (?) para transportar todo o material da EFMM até São Paulo, onde seria sucateado. O assunto foi levado pelo à imprensa por Manoel Rodrigues Ferreira, e o sucateamento da ferrovia foi provisoriamente detido.

A edição de 1981 — quando um pequeno trecho da ferrovia já estava sendo reativado com fins turísticos — inclui novos capítulos, narrando fatos cabeludíssimos, como a apropriação de terrenos por comerciantes, e a destruição de toda a documentação histórica da EFMM pelo Exército, em uma imensa fogueira.

Após a exibição pela TV da série “Mad Maria” (Jan. 2005), a Ed. Melhoramentos tornou a lançar nova edição do livro, atualizada (13,5 x 20,5 cm; 408 páginas).

“A ferrovia do diabo”
Reativação: 1981 | Expectativas: 2012 | Documentação
Passeios turísticos e Trens de passageiros
Vitória - Belo Horizonte | São Luís - Parauapebas
Trem do Corcovado | São João del Rei | Ouro Preto - Mariana
Campos do Jordão | Trem das Águas | Trem da Mantiqueira
Trem das Termas | Montanhas Capixabas | Ubajara
Estrada de Ferro Madeira-Mamoré - EFMM
Cronologia | Tratado de Petrópolis | Fotos da construção | Panorâmica de Porto Velho
A Ferrovia do Diabo | Álbum do MIS | Documentação X destruição | Fotos de 1983
Mapas: 1970 | 1969 | 1965 | 1954 | Estações em 1960 | Abertura dos trilhos | 1910 | 1907
Acervo do Museu | Ferrovias da Amazônia
   
Capa da edição de 2005 do livro "A ferrovia do diabo", sobre a Estrada de  Ferro Madeira-Mamoré
Reedição: Melhoramentos

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

Acompanhe no FB

  

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade