Centro-Oeste - Trens, ferrovias e ferreomodelismo
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
  
   
   
 

  

Ferrovias

Os “antigos” trens turísticos a vapor da RFFSA - 21 Nov. 2016

• Estação de Cachoeiro de Itapemirim | Pátio ferroviário (1994) - 28 Fev. 2016

• Caboose, vagões de amônia e locomotivas da SR7 em Alagoinhas (1991) - 25 Fev. 2016

• Locomotivas U23C modificadas para U23CA e U23CE (Numeração e variações) - 17 Fev. 2016

• A chegada da ponta dos trilhos a Brasília (1967) - 4 Fev. 2016

• Livro “Memória histórica da EFCB” - 7 Jan. 2016

• G8 4066 FCA no trem turístico Ouro Preto - Mariana (Girador | Percurso) - 26 Dez. 2015

• Fontes e fotos sobre a locomotiva GMDH1 - 18 Dez. 2015

• Locomotivas Alco RS no Brasil - 11 Dez. 2015

  

Ferreosfera

   

Viação Férrea do Rio Grande do Sul
Os carros de aço do Trem Farroupilha
Vagões VFRGS de 1942


 
Pesquisa: Alfredo F. Rodrigues

Estes carros foram fabricados pela VFRGS nas suas oficinas de Rio Grande, RS.

Os carros fabricados pela VFRGS possuem 2 linhas de rebites na parte inferior. Os carros Pullman, somente uma linha.

Embora sem confirmação específica da incorporação dos carros de 1942 no Trem Farroupilha, ...

No livro Locomotivas articuladas, do Eduardo Coelho, na página 41 consta:

"O sucesso do Trem Farroupilha foi tanto que logo a VFRGS foi obrigada a criar o par extra N1bis e N2bis, utilizando a Garrat na sua capacidade máxima."

O Trem farroupilha era composto de 7 carros: - 1 bagageiro-correio + 2 primeira + 1 restaurante + 1 primeira + 2 dormitórios.

Quatro trens exigiriam 28 carros. Como até 1942 só havia 21 carros, é bem provável que, dos carros construídos em 1942, alguns ou mesmo todos fossem para estes trens extra.

O livro do Eduardo não traz a data em que estes trens extras foram introduzidos.

Carros de aço construídos pela VFRGS

Tipo Fabricante Ano 1º Número 2º Número Observações
Primeira Classe VFRGS 1942 627 P-206  
Primeira Classe VFRGS 1942 628 P-207  
Primeira Classe VFRGS 1942 629 P-208  
Primeira Classe VFRGS 1942 630 P-209  
Primeira Classe VFRGS 1942 631 P-210 Em Bento Gonçalves
– Ferrovia do Vinho
Primeira Classe VFRGS 1942 632 P-211  
Primeira Classe VFRGS 1942 633 P-212  
Primeira Classe VFRGS 1942 634 P-213  
Primeira Classe VFRGS 1942 635 P-214  
Dormitório VFRGS 1942 191 DC-200  
Dormitório VFRGS 1942 192 DC-201  
Dormitório VFRGS 1942 193 DC-202  
Dormitório VFRGS 1942 194 DC-203  
Restaurante VFRGS 1942 175 R-204  
Restaurante VFRGS 1942 176 R-205  

Numeração

A segunda numeração pode ter sido aplicada já na administração da RFFSA, a partir de 1959.

Foram renumerados pelo SIGO, em 1984, porém ainda não tenho a relação dos números e sua correspondência.

Além da Ferrovia do Vinho alguns, ainda são utilizados pela ALL como alojamento nos trens de serviço.

Observações

Nos relatórios da VFRGS que tenho - 1930-1932-1933 e 1940, não consta em nenhum deles o "Trem Farroupilha". Só fala dos 21 carros Pullman adquiridos dos Estados Unidos.

No relatório de 1940 consta:

«Construção de carros de passageiros, tipo Pullman

De acordo com o programa de serviços a serem executados por conta da "Subvenção da União", ficou estabelecida a construção, nas oficinas da VFRGS, de 22 carros, metálicos, destinados ao serviço de trens de passageiros, os quais obedecerão ao tipo e características dos adquiridos da fábrica Pullman Car Manufacturing. Esses veículos serão construídos em três lotes, sendo o primeiro, composto de 3 carros de primeira classe, 2 dormitórios e 1 restaurante.»

Portanto as plantas de 1942 são referentes a estes carros:

  • Restaurante - 175 e 176
  • Dormitório - 191-192-193 e 194
  • Primeira Classe - 627 a 635

Interessante que no relatório constam 22 carros a serem construídos, mas nas plantas se contam 15.

   

Ferreomodelismo

• Luzes de 0,5 mm (fibra ótica) - 2 Jun. 2016

• Vagão tanque TCQ Esso - 13 Out. 2015

• Escalímetro N / HO pronto para imprimir - 12 Out. 2015

• Carro n° 115 CPEF / ABPF - 9 Out. 2015

• GMDH-1 impressa em 3D - 8 Jun. 2015

• Decais para G12 e C22-7i MRN - 7 Jun. 2015

• Cabine de sinalização em estireno - 19 Dez. 2014

• Cabine de sinalização em palito de fósforo - 17 Dez. 2014

• O vagão Frima Frateschi de 1970 - 3 Jun. 2014

• Decais Trem Rio Doce | Decais Trem Vitória-Belo Horizonte - 28 Jan. 2014

• As locomotivas Alco FA1 e o lançamento Frateschi (1989) na RBF - 21 Out. 2013

• A maquete do Trem turístico Ouro Preto - Mariana (Trem da Vale) - 12 Out. 2013

  

  
Agenda do Samba e Choro
Os carros de aço do Trem Farroupilha
Carros Pullman de 1931 | Carros VFRGS de 1942
Primeira Classe | Interior | 621 a 626 | 627 a 635 | P-210
Dormitório | 191 a 194 | 195 a 199
Restaurante | 171 a 174 | 175 a 176 | R-202
Correio-Bagagem | 281 a 286 | BC-201
Farol farroupilha
VFRGS : SR-6 RFFSA : ALL
Os carros de aço do trem Farroupilha | Trem Húngaro | Estação de Santa Maria
DH Esslingen | GMDH1 | Estrada de Ferro e Minas de São Jerônimo
Locomotivas Henschel 2-8-0 | Locomotivas Henschel 2-6-0 + 0-6-2
Estação da Barra de Rio Grande | Trilhos nos molhes da barra
Pintura diesel da VFRGS | Locomotivas da SR-6 | Locomotivas da ALL
Estações em 1930 | Estações em 1960 | Trilhos em 1942 | Trilhos até 1944
1907: EF Porto Alegre a Nova Hamburgo | EF Porto Alegre a Uruguaiana
EF Rio Grande a Bagé | EF Santa Maria ao Uruguai
Mapas: 1984 | 1970 | 1965 | 1954 | 1950 | 1898

Busca no site
  
       
Ferrovias | Mapas | Estações | Locomotivas | Diesel | Vapor | Elétricas | Carros | Vagões | Trilhos Urbanos | Turismo | Ferreomodelismo | Maquetes ferroviárias | História do hobby | Iniciantes | Ferreosfera | Livros | Documentação | Links | Atualizações | Byteria | Mboabas | Brasília | Home
Sobre o site Centro-Oeste | Contato | Publicidade | Política de privacidade